O que é 9box? De onde surgiu? Para que serve? Como funciona?

O que é

A 9 box, ou matriz nine box, é uma ferramenta de gestão de pessoas nas organizações para
auxiliar na tomada de decisão referente a movimentação de cargos ou alteração financeira como desligamentos, promoções e treinamentos.

 

De onde surgiu

A matriz foi criada pela McKinsey nos 70 para auxiliar a GE a priorizar os investimentos dentre as suas centenas de unidades de negócios. Algumas unidades de negócios iam bem e precisavam e aumento em investimento, outras precisavam ser mantidas e outras precisavam ser desativadas pois não havia mais interesse para mantê-lo operacional. Colocando as informações de cada unidade de negócios e plotando na matriz, facilitou uma visão mais analítica para gerenciar as tomadas de decisões.

Para que serve

Como uma ferramenta visual, analítica e de fácil acesso, a matrix 9 box auxilia a determinar quem são colaboradores que precisam ser promovidos, desligados ou treinados.

Como funciona

Primeiro, a empresa categoriza os colaboradores dentro de um dos quadrantes da matriz 9box.

Comumente, a plotagem inicial da matriz vem a partir de uma avaliação de desempenho ou
de competências. Um dos eixos da matriz, é um eixo de entrega/resultado. O outro eixo é o eixo de avaliação de competências ou alinhamento cultural.

O passo seguinte é realização da calibragem, analisando e comparando os colaboradores
em cada quadrante, os gestores e RH devem debater e chegar a um acordo no posicionamento de cada um dos colaboradores no quadrante mais adequado. Como o lendário Jack Welch escreveu no relatório anual da GE em 2000, basicamente temos 4 perfis de colaboradores:

“E é sobre os quatro “tipos” que representam a maneira como avaliamos e lidamos com nossos líderes existentes.

Tipo I: compartilha nossos valores; faz os números – o céu é o limite!
Tipo II: não compartilha os valores; não faz os números desaparecerem.
Tipo III: compartilha os valores; erra os números – normalmente, outra chance ou duas.

Nenhuma dessas três são apostas difíceis, mas o Tipo IV é a aposta mais difícil de todas: o gerente que não compartilha os valores, mas entrega os números; o gerente “quebra tudo”, que entrega o bacon, mas o faz nas costas das pessoas, geralmente “beijando e chutando” durante o processo.

Esse tipo é o mais difícil de se separar, porque as organizações sempre querem entregar – está no sangue – e deixar alguém partir que faz o trabalho é outro ato não natural.

Mas precisamos remover esses tipos IV porque eles têm o poder, por si mesmos, de destruir a cultura aberta, informal e baseada na confiança de que precisamos vencer hoje e amanhã.”

O posicionamento em cada uma das caixas, vai resultar no plano de ação para cada um dos colaboradores, como mentoria, aumento de salário ou plano de recuperação.

Os 9 quadrantes

Cada quadrante na 9box tem um significado e um conjunto de ações que devemos tomar
com os colaboradores.

Analisando a matriz, da esquerda para direita e de cima para baixo, temos:

 

Profissional diamante bruto

● Tem comportamento alto e baixo desempenho;
● Identificar a causa raiz do baixo desempenho, identificar possível melhoria e desejo de evolução.
● Criar plano de ação para desenvolvimento e aumento do desempenho.

Profissional forte desempenho

● Tem comportamento alto e desempenho esperado;
● Identificar principais fraquezas que podem estar segurando e apoiar com treinamentos caso necessário;
● Crie oportunidades, mas com um apoio maior do que o A3 para garantir um melhor resultado;

Profissional estrela

● Tem comportamento alto e desempenho acima do esperado;
● Defina objetivos que estão além de suas responsabilidades atuais, podendo ser criação de novos produtos ou processos;
● Apoie a encontrar um mentor mais experiente para poder desenvolvê-lo ainda mais;

Profissional questionável

● Tem comportamento mediano e baixo desempenho;
● Auxilie em uma melhor orientação e em construção de relacionamento
com sua equipe;
● Organizar e executar treinamentos necessários para aumento do
desempenho;

Profissional mantenedor

● Tem comportamento e desempenho em nível mediano;
● Encontrou a zona de conforto, não force ir para um outro quadrante;
● Mantenha alinhamento de forma regular e ajuste os problemas necessários;

Profissional alto desempenho

● Tem comportamento mediano e desempenho acima do esperado;
● Dê feedbacks contínuos do que ele faz bem e do que precisa melhorar;
● Forneça mentoria e oportunidades de treinamento assim como para os A3 e A2;

Profissional insuficiente

● Comportamento baixo e desempenho abaixo do esperado;
● Deixe claro as expectativas e as melhorias necessárias incluindo um deadline para alcançar esses objetivos;
● Após algumas tentativas, mova a pessoa para outro papel ou realize o desligamento do mesmo;

Profissional eficaz

● Apesar do comportamento baixo, tem um desempenho esperado;
● Forneça feedbacks sinceros sobre as oportunidades e opções de
desenvolvimento;
● Ofereça possibilidade de alguma função lateral que talvez se enquadre melhor no seu perfil;

Profissional comprometido

● Tem comportamento baixo e desempenho acima do esperado;
● Questione o que o motiva e o que deseja desenvolver;
● Encoraje a compartilhar o que sabe aos jovens e com pouca experiência;

 

Referências
https://www.mckinsey.com/business-functions/strategy-and-corporate-finance/our-insights/e
nduring-ideas-the-ge-and-mckinsey-nine-box-matrix
https://www.ge.com/annual00/download/images/GEannual00.pdf
https://www.thebalancecareers.com/using-nine-box-matrix-2276063