55 perguntas para entrevista de desligamento

Confira 55 exemplos de perguntas para entrevista de desligamento e conheça os benefícios de aplicá-las.
RH fazendo perguntas para entrevista de desligamento

As perguntas para entrevista de desligamento são a melhor forma de obter um feedback honesto sobre a cultura e a gestão da empresa. 

Pois os funcionários que estão saindo não tem nada a perder e nada a ganhar.

Então, como conduzir as perguntas para entrevista de desligamento para obter esse feedback honesto? Bom, tudo se resume justamente às perguntas que você faz.

Nesse artigo, reunimos em uma lista as 55 melhores perguntas para entrevista de desligamento. Você pode escolher as perguntas de acordo com suas necessidades ou usar todas elas para obter uma visão profunda de seus funcionários e de sua empresa.

O que são perguntas para entrevista de desligamento nos processos de demissões

As perguntas para entrevista de desligamento são um questionário usado quando um funcionário está saindo, seja na forma de uma enviada por email ou com perguntas verbais em uma reunião. 

A percepção do funcionário é um recurso incrivelmente valioso, é por isso que o objetivo das entrevistas de desligamento é evitar futuras demissões. 

Esses tipos de entrevistas permitem que os empregadores descubram exatamente por que um funcionário está saindo, o que pode ser feito para melhorar a cultura da empresa e garantir que tudo esteja em ordem para a contratação de uma nova pessoa.

As empresas que experimentam altas taxas de rotatividade sem nunca investigar os motivos, podem deixar de aumentar sua receita e deixar de ter uma boa performance da equipe

Quando um funcionário pede demissão por motivos voluntários, é uma coisa que precisa ser examinada. 

No entanto, de acordo com uma pesquisa feita pela Havard Business Review, somente 25% das empresas fizeram algum tipo de entrevista de desligamento com pelo menos alguns funcionários que partiram. Essa é uma técnica que pode fazer muita diferença na empresa, por isso precisa ser feita com mais frequência.

Assim, esse momento também é uma chance de reconhecer os funcionários e agradecê-los!

 

 

Qual a importância da entrevista de desligamento?

É importante lembrar que as perguntas para entrevista de desligamento são voluntárias e os gestores não podem obrigar alguém a responder essas perguntas. No entanto, é do interesse dos empregadores tentar incentivar taxas mais altas de participação na entrevista de saída.

Dos benefícios das entrevistas de desligamento, podemos citar os principais:

 

1. Perguntas para entrevista de desligamento podem ajudar a reduzir a rotatividade

Quando um funcionário sai de uma empresa, isso pode acontecer por vários motivos. Embora checar e trocar feedback contínuo seja uma boa maneira de administrar isso, um pouco de rotatividade é geralmente inevitável.

No entanto, os impactos do turnover são significativos. Além dos custos como FGTS, férias e acerto, portanto, entram na conta todo o tempo de processo seletivo, despesas com treinamento, custos de exames admissionais e demissionais, entre outros. Pesquisas afirmam que os gastos com desligamento podem chegar a 200% do salário anual de um funcionário.

Assim, entrevistar pessoas na saída dá ao RH a oportunidade de ficar de olho nos padrões. 

Por exemplo, se todos estão se demitindo pelos mesmos motivos, isso é um indicador sólido de que algo está errado, seja um gerente ruim que pratica microgerenciamento, um problema com o RH, um risco à saúde ou a falta de reconhecimento. 

Embora seja obviamente melhor resolver esses problemas antes que resultem a rotatividade, se alguém está de saída, você pode aproveitar qualquer dica dessa pessoa.

 

2. Os funcionários que estão saindo podem ser mais honestos

O melhor feedback é aquele que tem uma visão honesta e desinibida. No entanto, é difícil desconsiderar totalmente a ideia de que colaboradores podem limitar o quão sinceros são ao fornecer feedback.

Por isso, os entrevistados que se desligam são vistos como mais verdadeiros, porque eles não precisam mais se preocupar em agradar ninguém na empresa. Como resultado, eles podem estar mais dispostos a conversar sobre problemas que afetam o engajamento ou o bem-estar da empresa

Dito isso, é essencial manter a confidencialidade das entrevistas de demissão e, se possível, não ser conduzida por alguém que costumava gerenciá-la.

 

3. Entrevistas de desligamento podem ajudar a alinhar as funções às expectativas dos funcionários

Às vezes, as pessoas se demitem porque a função delas simplesmente não é o que imaginavam. Alinhar as expectativas é um aspecto fundamental e precisa ser feito desde o processo de recrutamento e reforçado a cada ciclo de avaliação de desempenho

Assim, se você tem muitos funcionários que estão se demitindo por causa da insatisfação com o trabalho, pode valer a pena refletir sobre como você está apresentando as funções das vagas para os candidatos em potencial. 

Com isso, você será capaz de definir expectativas realistas de como será a experiência do dia a dia de seu futuro funcionário.

Se a função que você está anunciando não for alinhada com as expectativas dos funcionários você não terá o tipo de candidato de que precisa.

 

4. A entrevista de desligamento pode auxiliar na análise do clima organizacional

Por que as pessoas estão saindo da sua empresa voluntariamente? Será que o clima organizacional está pesado e elas não se sentem mais à vontade em conviver umas com as outras e com a liderança? 

É bom avaliar tudo isso através da entrevista de desligamento –  e de forma preventiva, através da aplicação regular da pesquisa de clima organizacional

O clima organizacional é a energia da sua empresa. É como o colaborador se sente em relação aos aspectos técnicos e emocionais do ambiente. 

Saiba que o clima organizacional influencia diretamente o desempenho e o relacionamento das pessoas com os colegas e a liderança e, consequentemente, com os clientes. 

 

Colaboradores insatisfeitos com o clima da organização não se sentem produtivos e isso impacta diretamente nos resultados da empresa. 

 

5.  As respostas obtidas ajudam a aperfeiçoar a jornada do colaborador na sua empresa

A jornada do colaborador é definida por todos os contatos que o funcionário tem com a empresa e a etapa do desligamento também faz parte dela. 

Aqui na Feedz, nós entendemos que a jornada do colaborador é única para cada empresa, mas que as etapas principais são: 

  • Atração de talentos;

 

É importante que o RH esteja atento a cada etapa da jornada do colaborador e crie mecanismos bem estruturados para cada fase. 

A entrevista de desligamento, por sua vez,  é primordial para a fase do offboarding, pois os motivos para o desligamento de profissionais são diversos e o encerramento deste ciclo precisa ser acompanhado.

Assim, a empresa evita repetir erros e pode tornar seu ambiente de trabalho cada vez mais saudável para os funcionários, evitando a rotatividade e custos desnecessários.

 

 

55 sugestões de perguntas para entrevista de desligamento

  1. Por que você está saindo?
  2. O que a empresa está fazendo certo?
  3. Como as condições podem ser melhoradas?
  4. O que você faria para melhorar a situação que o está levando a sair?
  5. Como os outros funcionários se sentem sobre essa situação?
  6. O que a empresa não está fazendo atualmente que melhoraria as coisas?
  7. Quais são seus sentimentos sobre trabalhar aqui?
  8. Quais foram as três coisas que você mais gostou nesse trabalho?
  9. Se você pudesse mudar três coisas, o que seriam?
  10. Você tem ideias que gostaria de ter implementado?
  11. Quais as três melhores coisas sobre trabalhar com seu gestor?
  12. Existem coisas que você gostaria de saber antes de ter começado seu trabalho?
  13. Quem são as três pessoas que causaram o impacto mais positivo em você?
  14. Que conselho você daria para quem entrar em sua posição?
  15. Em que circunstâncias você consideraria retornar à empresa?
  16. Você recebeu reconhecimento pelos seus esforços?
  17. Diria que recebeu treinamento suficiente para desempenhar bem sua função? 
  18. Você teve suporte para tirar suas dúvidas enquanto trabalhava aqui? Como?
  19. Você teve oportunidade de crescimento profissional na empresa?
  20. Recomendaria nossa empresa a seus amigos e familiares?
  21. O que poderíamos ter feito desde o início para evitar que essa situação se desenvolvesse?
  22. Como você descreveria a cultura de trabalho da organização?
  23. O sistema de avaliação funcionou para você?
  24. O que podemos fazer para reter profissionais?
  25. Sofreu alguma discriminação ou assédio nessa empresa?
  26. Por que você escolheu seu novo empregador?
  27. O que achou do seu salário na nossa empresa?
  28. Como foi a integração para você (onboarding)?
  29. Se sentiu uma parte valiosa da empresa?
  30. Recebeu metas e objetivos claros?
  31. Se deu bem com sua equipe?
  32. As políticas da empresa foram adequadas?
  33. Tens alguma preocupação sobre a empresa que gostaria de compartilhar?
  34. Recebeu feedback para ajudá-lo a melhorar?
  35. Você se sentiu acolhido pela liderança da empresa?
  36. O seu líder direto se mostrou acessível?
  37. Você recebeu todos os materiais que precisa para exercer suas funções?
  38. Quais ações poderíamos fazer para melhorar o engajamento dos colaboradores?
  39. Você se sentiu motivado/inspirado aqui?
  40. Qual foi o seu maior aprendizado nesse período aqui na empresa?
  41. Você se sentiu conectado aos pilares da nossa cultura?
  42. Se sentiu satisfeito com o pacote de benefícios da organização? Por quê?
  43. De 0 a 10, qual o seu nível de felicidade com o ambiente de trabalho que oferecemos?
  44. Você se sentiu parte da organização? Por quê?
  45. Cite uma coisa que poderia ter melhorado nos últimos três meses de trabalho.
  46. Você se sentiu à vontade para expressar suas opiniões e ser você mesmo?
  47. As metas e responsabilidades das equipes estavam claras para você? Você chegou a discordar delas em algum momento?
  48. O que te deixou mais satisfeito aqui?
  49. Há alguma coisa que você mudaria na nossa cultura organizacional?
  50. As tarefas que desempenhou estavam alinhadas à sua função?
  51. Você tinha uma compreensão clara do que se esperava de você na sua função?
  52. O que poderíamos ter feito de diferente para melhorar sua experiência?
  53. Poderia nos dizer para qual empresa vai?
  54. Podemos ajudar você a facilitar essa transição?
  55. Gostaria de falar mais alguma coisa?

 

O que não perguntar em uma entrevista de desligamento

Certamente, existem algumas coisas que só vão deixar o clima tenso e negativo. Por isso, tente não fazer as seguintes perguntas:

  • Talvez seja melhor não perguntar sobre pessoas específicas, afinal de contas, o objetivo não é achar um culpado. Embora seja normal pedir feedback geral sobre um supervisor, você não deve inserir suas opiniões na conversa.
  • Não alimente fofocas de escritório e fake news. Isso nunca é construtivo.
  • A conversa deve se concentrar na experiência do funcionário. Embora ele possa ter coisas negativas a dizer sobre certas pessoas, você deve ouvir sem concordar ou discordar.
  • Não entre em questões pessoais. Mantenha a conversa profissional e relacionada ao trabalho.
  • Não tente convencer o funcionário a ficar na empresa, pois o momento ideal para essa conversa era no momento que o funcionário informou a demissão.

Empresas de sucesso são feitas através da construção de equipes engajadas e relacionamentos fortes e as perguntas para entrevista de desligamento são uma peça fundamental para esse objetivo.

 

Como usar os dados coletados da entrevista de desligamento

use as informações coletadas das perguntas para entrevista de desligamento
Aproveite as informações que você coleta para melhorar o ambiente da empresa

Após o término da entrevista, é possível aproveitar as informações que você coleta para melhorar o ambiente da empresa e a cultura de trabalho em geral.

Aqui estão três maneiras de usar os dados da entrevista de desligamento:

 

1) Faça alguma coisa sobre os motivos da saída e monitore

Avalie as informações que você reuniu para identificar a causa raiz da saída do funcionário e entender algumas maneiras pelas quais elas podem ser resolvidas.

Por exemplo, talvez o funcionário achou que não recebeu oportunidade suficiente para colaborar e contribuir com projetos nos quais ele estava interessado.

Saber disso vai ajudar a melhorar certos aspectos do trabalho, de forma que ações possam ser tomadas e o progresso dessas ações seja acompanhado.

 

2) Crie estratégias direcionadas para a retenção de talentos

Primeiramente, antes de definir estratégias, é preciso medir com precisão sua taxa de rotatividade. Assim você vai ter um bom entendimento de onde está em comparação com as outras empresas do mercado.

Em segundo lugar, desenvolva uma estratégia de remuneração e reconhecimento de colaboradores. Em terceiro lugar, revise o salário de todos e tenha certeza de que cada pessoa está sendo devidamente valorizada.

Agora, o ponto mais importante, o que você mais deve prestar atenção, é o ambiente de trabalho e o employee experience.

Portanto, benefícios como horários flexíveis, academia, lanches, folgas são ótimas vantagens que não custam muito. 

Outros componentes de estratégias direcionadas para a retenção de funcionários incluem relacionamento com os gestores, desenvolvimento pessoal e reconhecimento.

 

3) Compartilhe informações com executivos

Certamente, é importante que o RH mostre os dados analisados aos principais tomadores de decisão na empresa. 

Às vezes, os gestores podem ficar em dúvida sobre o quão honestos os funcionários que estão se desligando foram, por isso é essencial que você se prepare avaliando cuidadosamente todos os dados e antecipando objeções antes de apresentar os dados para eles.

 

Tenha em mente o resultado final

Assim, o objetivo principal das perguntas para entrevista de desligamento é obter informações que ajudem a melhorar o ambiente de trabalho dos funcionários como um todo.

Inclusive, igualmente importante é mostrar aos funcionários que estão se desligando o quanto a empresa valoriza suas contribuições.

Sempre ouça, isso é fundamental. Você somente obterá a resposta que está procurando se der ao funcionário o espaço para se expressar honestamente.

Por fim, sempre documente os itens de ação e compartilhe os dados e as ideias de melhorias com os tomadores de decisão.

Gostou deste conteúdo? Se você tem alguma opinião sobre a importância das perguntas para a entrevista de desligamento, nos conte aqui nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Marília Cordeiro

Marília Cordeiro

Voar pelo conteúdo

A plataforma completa para aumentar o engajamento e desempenho de colaboradores

Assine nossa newsletter!

Outros conteúdos que você pode gostar