O que é e como fazer uma Pesquisa de Engajamento?

O que é e como fazer uma Pesquisa de Engajamento?

Já falamos por aqui sobre a importância do engajamento dos colaboradores: se alinhados como propósito da empresa e satisfeitos com o seu papel no desenvolvimento do negócio, os profissionais tendem a ser mais produtivos e trazer maior retorno financeiro para a empresa. 

Mas para além do quesito financeiro, o engajamento de uma equipe contribui para  o crescimento dos profissionais envolvidos, diminui as taxas de desligamentos, aumenta a indicação da empresa como um bom lugar para se trabalhar e melhora o clima organizacional. 

Mas como medir e impulsionar o engajamento? A metrificação pode ser feita por meio de uma pesquisa de engajamento, que trará as respostas certas para melhorar este quesito dentro do negócio. 

Pesquisa de engajamento

Os recursos humanos dentro das empresas sempre foram tratadas como um fator subjetivo, mas com o avançar dos anos se percebeu a importância de metrificar este ativo para incrementar a cultura da empresa e tomar decisões mais estratégicas quanto a gestão de pessoas. 

A pesquisa de engajamento surge como agente dessa mudança de mindset. Metrificar o engajamento é o primeiro passo para entender o que precisa ser melhorado na organização para impulsionar a produtividade e felicidade dos colaboradores. 

Passo a passo para uma pesquisa de engajamento de sucesso

Primeiro, é essencial saber qual o objetivo da pesquisa: quero entender quais ações já realizadas engajam os colaboradores? Quero entender qual o grau de engajamento? Quero saber o que posso melhorar no negócio para engajar mais?

Depois de decidido o que se quer saber com a pesquisa – pode ser mais de uma coisa –  é hora de fazer as perguntas. Estas precisam ser claras e diretas. O ideal é que o número de questionamentos não passe de dez, para não cansar o colaborador ou tomar muito do seu tempo. 

Algumas perguntas básicas para balizar a pesquisa de engajamento são:

De 0 a 5 quão engajado se sente com a empresa hoje?

De 0 a 5 quão engajado se sento com o seu cargo hoje?

Quais os pontos que aprecia na empresa?

Como é a relação com os colegas e lideranças?

Quais os pontos que devem melhorar na empresa?

Como gostaria de crescer dentro da organização?

Com as perguntas decididas, crie um ambiente amigável e sem pressão para  rodar a pesquisa. É essencial que os colaboradores se sintam à vontade para respondê-las e entendam que  não serão prejudicados pelas respostas. 

Por último, a análise das respostas trará uma ideia da taxa de engajamento dos profissionais e ainda um mapa de o que pode ser feito para melhorá-la. É crucial que atitudes sejam tomadas após esta pesquisa, assim o colaborador sentirá que ela realmente é séria e que sua opinião está sendo levada em consideração. 

A pesquisa de engajamento deve ser feita periodicamente para entender se as ações têm surtido efeito. Mas os seus resultados são aparentes no dia-a-dia: um ambiente de pessoas engajadas é perceptível a olho nu. 

Na sua empresa é praticada a pesquisa de engajamento? Nos conte como funciona.

Comments are closed.