O que é psicologia organizacional e como usar na gestão de pessoas

o que é psicologia organizacional no trabalho

De acordo com uma pesquisa da Isma-BR, nove em cada dez profissionais ativos no mercado de trabalho têm ansiedade. Além disso, 47% destes sofrem com algum nível de depressão. Esse cenário faz com que, cada vez mais, as empresas se questionem o que é psicologia organizacional e como implementá-la.

A sa√ļde mental no ambiente de trabalho, al√©m de, obviamente, uma quest√£o de sa√ļde, traz impactos financeiros para os neg√≥cios. De acordo com estimativas do F√≥rum Econ√īmico Mundial, os gastos relacionados a transtornos emocionais e psicol√≥gicos podem atingir, at√© 2030, US$ 6 milh√Ķes mundialmente.

Esse valor √© maior do que a soma dos gastos com diabetes, doen√ßas respirat√≥rias (a pesquisa √© de antes da pandemia de covid-19) e c√Ęncer. A Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde alerta que uma a cada quatro pessoas ter√° algum transtorno psicol√≥gico ao longo da vida.¬†

O cen√°rio se agravou ainda mais com a chegada da pandemia. Uma pesquisa da American Psychological Association (APA), mostrou que ‚ÖĒ dos trabalhadores afirmam que problemas de sa√ļde mental impactaram em seu desempenho profissional durante a pandemia.¬†

Mesmo com o hist√≥rico de problemas de sa√ļde mental e o agravamento durante a crise sanit√°ria, ainda s√£o poucas as empresas que tratam o tema com a devida seriedade.

Nesse contexto, a psicologia organizacional é crucial para ajudar as empresas a entenderem seus profissionais e oferecerem uma melhor condição de trabalho.

Al√©m de incentivar a sa√ļde dos colaboradores, atitudes como essa ajudam a impulsionar a produtividade e diminuir a taxa turnover.¬†

Entenda o que é a psicologia organizacional, como ela funciona e como implantá-la na empresa.

 

O que é psicologia organizacional?

A psicologia organizacional é um braço da psicologia que estuda contextos corporativos. Os profissionais especializados nessa área atuam junto do RH das empresas para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores, por meio de um ambiente de trabalho saudável.

Esse campo de atua√ß√£o e estudo surgiu dentro das ind√ļstrias, com o nome de psicologia industrial. Nessa √©poca, as principais a√ß√Ķes do setor eram voltadas para a potencializa√ß√£o da produtividade dos trabalhadores.

Com o avan√ßar dos anos, se entendeu a import√Ęncia de fazer a manuten√ß√£o de ambientes de trabalho saud√°veis, que inspirem a felicidade no ambiente organizacional, equil√≠brio entre vida profissional e pessoal, motiva√ß√£o e engajamento dos colaboradores, entre outros.¬†

Hoje, algumas das fun√ß√Ķes de psic√≥logos organizacionais s√£o:

 

1. Recrutamento e seleção

Esses profissionais são preparados para mapear o perfil dos candidatos e determinar se eles estão alinhados com a cultura do negócio ou não.

Isso é importante porque pessoas não alinhadas com o clima e cultura organizacionais tendem a não se sentirem pertencentes, o que diminui a produtividade e aumenta as chances de turnover.

Essa an√°lise √© feita atrav√©s do curr√≠culo do candidato, din√Ęmicas individuais e de grupo, entrevistas comportamentais, fit cultural, entre outras ferramentas.¬†

 

2. Manutenção do clima empresarial

Psicólogos organizacionais podem contribuir para construção e manutenção do clima empresarial. Eles são a ponte entre o que as empresas querem e o que os profissionais precisam.

Ao mapear essas duas necessidades, estabelecem os preceitos que devem ser respeitados no clima organizacional.

Para fazer a manutenção desse trabalho, a realização de pesquisas de clima são essenciais. Elas conseguem mapear o que motiva e o que desmotiva os colaboradores. Assim é possível ajustar políticas e fazer a manutenção do clima.

 

3. Treinamento e desenvolvimento

Esses profissionais estudam para entender os anseios das pessoas, os gatilhos que as fazem produzir mais e os sabotadores que fazem com que os profissionais n√£o atinjam seu potencial m√°ximo.

Ao analisar essas coisas, os psicólogos conseguem orientar melhores treinamentos e planos de desenvolvimento. 

Reuni√Ķes de feedbacks podem ajudar nesse mapeamento e na constru√ß√£o do plano de desenvolvimento individual, casando interesses dos colaboradores e empresas.¬†

 

4. Planos de carreira

Tendo o entendimento de como tra√ßar o perfil de cada colaborador e com dados de rendimento obtidos pelas avalia√ß√Ķes de desempenho, 1:1s e reuni√Ķes de feedbacks, os psic√≥logos conseguem entender em qual lugar cada pessoa se encaixa melhor na empresa.¬†

Muitas vezes a falta de produtividade está ligada com a baixa motivação por conta da falta de perspectiva ou porque o colaborador não desempenha uma função que gosta.

O desenho do plano de cargos e salários, feito pelos psicólogos, e o acompanhamento destes profissionais ajuda a posicionar as pessoas nos cargos que melhor se encaixam, mantendo as pessoas felizes e engajadas.

 

5. Diagn√≥stico e gest√£o da sa√ļde mental

Os psic√≥logos s√£o capazes de mapear as condi√ß√Ķes mentais dos colaboradores e dar suporte para que as pessoas possam ter uma melhor sa√ļde mental.

Ao entender quais gatilhos organizacionais estão prejudicando os colaboradores, esses profissionais podem propor planos para melhorar o ambiente da empresa e minimizar problemas como pressão demasiada, assédio moral, falta de reconhecimento, entre outros. 

 

Como implantar a psicologia organizacional?

O cen√°rio de maior adoecimento mental dos colaboradores, fez com que as empresas passassem a olhar com mais cuidado para a sa√ļde mental dos profissionais.

Uma pesquisa da Business Group on Health mostrou que, nos Estados Unidos, metade dos grandes empregadores capacitam seu corpo gerencial para identificar essas condi√ß√Ķes.

O apoio do psicólogo organizacional também está no radar das empresas, segundo a pesquisa. Ela mostrou que 54% dos empregadores pretendem, ainda esse ano, oferecer consultas psicológicas onlines de graça ou subsidiadas. 

No Brasil, como mostra um estudo da Propeller Insights para o Gympass, 57% dos empregadores ainda n√£o oferecem nenhum benef√≠cio voltado para sa√ļde mental.

Para mudar essa realidade, um psicólogo organizacional dentro da empresa pode ser um primeiro passo. Além de ajudar na definição de processos importante, como comentamos, esse profissional pode:

  • fazer conversas peri√≥dicas com os colaboradores;
  • indicar aos l√≠deres como motivar cada profissional de acordo com seu perfil;
  • orientar cuidados com a sa√ļde mental;
  • ser uma ponte entre os interesses pessoais e empresariais;
  • treinar lideran√ßas para terem uma comunica√ß√£o n√£o violenta e a√ß√Ķes que preservem a sa√ļde mental dos profissional;
  • incentivar atitudes coletivas como roda de conversa, feedbacks, reconhecimentos, entre outros.¬†

A constru√ß√£o de uma empresa que preserve e cuide da sa√ļde mental de seus colaboradores passa pelo entendimento do o que √© a psicologia organizacional e como ela reflete no bem-estar dos colaboradores.

Esse √© um trabalho permanente e deve fazer parte do plano estrat√©gico do neg√≥cio ‚ÄĒ ainda mais em tempos de pandemia.

Garantir a sa√ļde e a felicidade dos colaboradores √© essencial para impulsionar resultados, a resili√™ncia da empresa e impactar positivamente o ambiente em que est√° inserida.

Se inscreve a√≠ na nossa news ūü§©

T√° a fim de receber conte√ļdos incr√≠veis como esse direto na sua caixa de entrada? Ent√£o √© s√≥ colocar seu e-mail aqui embaixo e assinar a newsletter do Blog da Feedz!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados

RH √°gil
RH ágil: o que é e como alcançar?

Deve existir um equil√≠brio entre o planejamento das a√ß√Ķes e como elas ser√£o feitas, a fim de que os gestores conduzam a equipe da melhor maneira.