Feedforward: o que é e como usar para dar os melhores feedbacks

Veja o que é feedforward, como funciona, como usar, além dos benefícios para os colaboradores e para a empresa de forma geral.

Feedforward é uma técnica que vem ganhando cada vez mais espaço no meio empresarial.

Essa técnica pode ser considerada como uma variação do feedback, mas com uma diferença: enquanto o feedback se baseia em comportamentos e ações que já aconteceram, o feedforward é totalmente voltado para o futuro.

Neste conteúdo, vamos explicar o que é feedforward, como ele funciona, qual é a sua importância, como usar, além dos benefícios que ele traz para os colaboradores e para a empresa.

O que é feedforward?

Feedforward é uma prática que foca exclusivamente no futuro.

O significado literal de feedforward é “olhar para a frente”. O termo também pode ser considerado o contrário de feedback.  

O feedback já é bem conhecido no ambiente corporativo. Geralmente é usado para dar um retorno sobre algo que passou.

O propósito do feedforward é o oposto disso: direcionar o olhar para o futuro. Por isso, o foco é no que pode ser feito para melhorar um desempenho, desenvolver novas habilidades ou alcançar os resultados esperados.

 

1º Analogia de feedforward e esporte

Quem é o maior ídolo brasileiro no esporte? Muitos acreditam ser Pelé, outros citam Ayrton Senna. Gustavo Kuerten também tem o seu destaque. Independente de quem você responder, posso afirmar que todos os atletas usam feedforward

O tricampeão Ayrton Senna disputou 161 corridas. Venceu 41 vezes. Foram 2.982 voltas em circuitos pelo mundo todo e 19 delas foram as mais rápidas. Ele chegou aos 340 quilômetros por hora. 

Pilotando nessa velocidade você acredita que Senna passava mais tempo olhando para a frente ou para o retrovisor? 

Pelé disputou 1.366 jogos e marcou 1.283 gols. É uma marca de quase um gol por partida. Isso indica que ele mantinha o foco à frente, ao ataque.

Gustavo Kuerten venceu o torneio de Roland Garros três vezes. É considerado o principal tenista (masculino) brasileiro. Para construir uma carreira vitoriosa no tênis sem dúvida ele precisou de uma boa visão de jogo.

É nesse olhar à frente, para antecipar movimentos do adversário e suas jogadas que podemos fazer uma analogia entre o esporte e o feedforward.

Durante uma corrida, partida de futebol ou qualquer outro esporte não há tempo para feedback.

Enquanto estavam competindo, Senna, Pelé e Guga precisavam manter o olhar à frente.

 

Qual a diferença entre feedback e feedforward? 

Quando um funcionário recebe feedback, ele tem informações sobre seu desempenho atual. Feedforward é o exercício inverso do feedback. É o processo de substituir o feedback positivo ou negativo por soluções voltadas para o futuro. Em termos simples, significa focar no futuro em vez do passado.

 

Feedback é para trás

O feedback é uma avaliação ou opinião sobre um comportamento ou atividade passada. 

Exemplo de feedback

Chapeuzinho Vermelho, ontem quando foi à casa da sua avó você perdeu muito tempo com conversas paralelas. Essa distração pode ter causado a mudança no percurso recomendado pelo aplicativo. Isso prejudicou a sua performance e pode prejudicar o desempenho do time e o alcance das metas. Fique mais atenta!

👉 17 tipos de feedback e como usá-los
👉 4 exemplos de feedback para o chefe [Com dicas para se preparar]

 

Feedforward é para frente

O feedforward é uma sugestão ou recomendação para um comportamento ou atividade futura. 

Exemplo de feedforward

Chapeuzinho Vermelho, nas próximas vezes que for fazer entregas para a sua avó você pode melhorar a sua performance evitando conversar com estranhos. A minha sugestão é desativar as notificações das redes sociais para eliminar distrações. Assim você terá mais foco para seguir o percurso recomendado pelo aplicativo. Você tem muito potencial para estar entre nossas melhores entregadoras!

👉 RH do futuro: faça o teste e descubra se está preparado!

 

2º Analogia de feedforward e esporte

Pensando novamente na analogia do feedforward e esporte, chegamos a seguinte conclusão.

No esporte é preciso direcionar o olhar para o que está por vir, que pode ser modificado. O treinador de um time de basquete não vai usar o seu precioso tempo técnico para dar feedback aos jogadores, ele vai dar feedforward

Sabe por quê? Um tempo técnico no basquete dura um minuto. Portanto, o técnico consegue passar uma instrução de 10 segundos para cada atleta e ainda sobram 10 segundos para uma instrução coletiva.

Digamos que a partida está empatada, então o que ele precisa é orientar os atletas sobre o que deve ser feito. Pode ser algo como: “fuja da marcação de fulano”, “faça tal jogada”, “cave uma falta”. Esse olhar à frente pode decidir o jogo

Agora vamos supor que esse mesmo técnico opte por dar um feedback aos seus atletas durante a partida.

Ele poderia dizer: “Fulano, todos seus arremessos falharam, você precisa treinar mais”. Mesmo que seja um fato, isso não impulsiona o time para a vitória

Isso não significa que atletas ou times de alta performance não precisam de feedback. Os exemplos foram apenas para explicar a diferença entre feedforward e feedback na prática.

 

Como aplicar o feedforward para o feedback perfeito

O termo feedforward foi criado pelo especialista em gestão, Marshall Goldsmith. Ele é um defensor da cultura de feedback. Afinal, os colaboradores precisam saber como estão se saindo no desempenho de suas funções

Porém, se o feedback se concentra apenas no que passou, não há o que possa ser feito. Ninguém pode mudar o passado. Por isso, o ideal é que todo feedback tenha um pouco (ou muito) de feedforward

 

Efeitos do feedback retrospectivo

Confira abaixo um comparativo entre feedback retrospectivo e o feedback perfeito, com feedforward.

 

  • Ativa no cérebro o modo defensivo

O escritor Joe Hirsch afirma que ao receber um feedback sobre algo que já passou (principalmente se foi algo negativo) nosso cérebro é invadido por hormônios de estresse, como o cortisol. Isso automaticamente nos coloca em modo defensivo.

 

  • Foca em classificações

Quando o feedback consiste somente em avaliar o que passou, ele não cumpre o seu papel, que é propor melhorias. Um feedback retrospectivo apenas classifica um desempenho.

 

  • Reforça comportamentos negativos

O foco no desempenho passado, que não pode ser modificado, cria uma sensação de desamparo. Neste cenário é difícil se comprometer com melhorias ou vislumbrar o futuro. A tendência é visualizar somente as limitações e isso pode induzir as mesmas falhas.

 

3 benefícios do feedforward 

Implementar uma estratégia de comunicação feedforward tem uma série de vantagens pessoais e profissionais.

 

1. Pode ser usado em qualquer momento

Ainda segundo Joe Hirsch a capacidade do nosso cérebro de absorver e operacionalizar é limitada. Por isso, quando o feedback é fornecido somente uma vez ao ano ou aborda muitos aspectos, o colaborador fica perdido, sem saber o que fazer. 

A vantagem do feedforward é que ele pode ser dado em qualquer ocasião. Não precisa esperar pelo momento certo. Inclusive, o feedforward pode ser concedido durante a execução de uma atividade.

A única dica é abordar um tópico por vez. Assim, os colaboradores conseguem processar a informação e agir rapidamente.  

 

2. É autêntico

Você já ouviu falar em feedback sanduíche? A mensagem que se deseja transmitir é “disfarçada” no meio de dois elogios, geralmente superficiais. 

O problema dessa técnica é que o cérebro humano tende a lembrar da última informação. No caso, o elogio. Então, é capaz de o colaborador nem perceber que tem pontos que precisam de melhorias.

Já o feedforward não tem regra. Como ele projeta o futuro pode ser abordado sem restrição alguma. A sugestão é falar de forma autêntica, direta e objetiva. 

O feedforward pode reforçar metas e objetivos, descrever os desafios e focar a maior parte do tempo na solução. Também é importante pedir sugestões e ideias a quem está recebendo. 

 

3. Tem impacto

Dar um feedback não é o mesmo que dizer a sua opinião. Um feedback mal estruturado dificilmente terá bons resultados.

Mas, quando o feedback é combinado com alguma outra técnica, como o coaching por exemplo, a chance de desencadear novas habilidades chega a 95%.

Por isso, não adianta somente dizer ao colaborador que seu desempenho está ruim. Ele precisa de um plano de melhorias, com pequenas ações.

Em situações assim o feedforward por ser perfeito para gerar o impacto desejado e ajudar a manter a o bem-estar dos funcionários.

Você já deve ter percebido que o pulo do gato é o feedforward. E isso não significa deixar de dar feedback. Muito pelo contrário: o feedback deve ser contínuo. Mas, todo bom feedback precisa ter muito de feedforward.

 

5 segredos sobre feedforward e feedback que não te contaram

É importante reforçar que ninguém deve abandonar o feedback, muito menos as avaliações de desempenho

A proposta é inserir o feedforward na rotina. Sabe por quê?

  1. O feedforward não é considerado tão pessoal quanto o feedback.
  2. Qualquer pessoa (que conheça a função) pode dar um feedforward. 
  3. A maioria das pessoas detesta receber feedback negativo (e também não ficam confortáveis em dá-lo). 
  4. É melhor ajudar as pessoas a estarem certas, do que provar a elas que estavam erradas. 
  5. As pessoas costumam ouvir o feedforward com muito mais atenção do que ouvem ao feedback. 

      Dica Bônus: O feedforward costuma ser mais rápido e eficiente que o feedback. 

Você que é gestor pode fazer o seguinte teste: pergunte aos seus liderados como se sentiram ao receber o último feedback.

Em paralelo você já começa a aplicar o feedforward ou inseri-lo no feedback (lembre-se de dar mais destaque a ele). Passados alguns dias você repete a pergunta. 

Arrisco a dizer que a diferença entre as duas respostas será gritante. A tendência é que todos prefiram o feedforward, por ser útil, leve e encorajador.

Chegou a hora de você colocar em prática o que aprendeu neste post. Use o retrovisor somente quando for extremamente necessário, na maior parte do tempo mantenha o olhar à frente e acelere! 

Para ajudar as organizações a implementar o feedforward com precisão e sem esforço, a Feedz fornece uma plataforma completa de engajamento de colaboradores com diversos recursos disponíveis, solicite uma demonstração gratuita agora mesmo!

Nenhum post relacionado encontrado

Veja o que estão comentando

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Preencha o formulário abaixo e em breve o nosso time de especialistas entrará em contato!