O que é e como fazer a gestão de comportamento no trabalho

gestão-de-comportamento-no-trabalho

A gestão de comportamento no trabalho é quando os princípios científicos da análise do comportamento são aplicados à avaliação e melhoria do desempenho dos colaboradores. 

Por isso, ela é uma excelente forma de criar ambientes de trabalho mais felizes, pois aumenta o engajamento e a produtividade dos colaboradores. 

Neste artigo, explicamos o que é gestão de comportamento, os benefícios de usá-la e como usá-la.

 

O que é gestão de comportamento no trabalho?

De acordo com o Indeed, a gestão de comportamento organizacional (Organizational Behavior Management (OBM), em inglês) é uma teoria que busca compreender o comportamento de indivíduos, equipes e organizações em geral como forma de aumentar a produtividade e estimular uma cultura de trabalho positiva. 

Em outras palavras, o comportamento organizacional é o estudo de como as pessoas interagem em grupos.

Como parte da gestão do comportamento organizacional, os gerentes avaliam como os indivíduos funcionam em seus cargos, como trabalham em suas equipes, como as equipes atuam e como todas essas peças se encaixam para compreender a eficácia da empresa como um todo.

Dessa forma, a gestão do comportamento organizacional evoluiu fora do campo da análise do comportamento e envolve uma compreensão de disciplinas como psicologia, sociologia, antropologia cultural, economia e ciência política.

 

No contexto dos negócios, o comportamento organizacional envolve:

  • Como os funcionários se comportam em grupos. Isso inclui como os grupos interagem com outros grupos, bem como as equipes se comportam. As características comportamentais podem incluir ser cooperativo, não cooperativo, competitivo, pró-ativo, passivo e assim por diante. 
  • Motivação e sentimentos do funcionário. As motivações do funcionário impactam o comportamento. Inclusive, o employee experience tem um impacto direto sobre as emoções e, como resultado, sobre como os funcionários agem e se comportam.
  • Desempenho e produtividade. A produtividade e o desempenho do funcionários podem ser vistos como um aspecto do comportamento do funcionário. 
  • Cultura. Cada organização possui uma cultura única. E essa cultura está interligada com o comportamento dos funcionários.

 

Benefícios de usar a gestão de comportamento

Quando as estratégias para a gestão de comportamento são utilizadas, elas podem trazer muitos benefícios para uma organização, incluindo melhorias nas seguintes áreas:

  • produtividade dos colaboradores;
  • menos turnover
  • engajamento
  • melhoria nas relações com os clientes
  • padrões de qualidade claramente definidos
  • entrega de feedback
  • curvas de aprendizagem mais curtas
  • onboarding
  • segurança e redução de acidentes
  • reputação
  • lucros aumentados
  • prever, influenciar e melhorar os comportamentos humanos
  • maior eficiência
  • trabalho em equipe
  • cronogramas e prazos

A boa notícia é que é possível afetar positivamente o comportamento dos colaboradores.

 

Como implementar a gestão de comportamento organizacional

gestão de comportamento

Para elaborar um plano de gerenciamento de comportamento no trabalho, você pode seguir as seguintes etapas:

 

1. Defina os objetivos

A gestão de comportamento é focada em resultados, então é muito importante começar o processo com a definição clara dos resultados que você está tentando alcançar. Sem objetivos e metas bem definidas, vai ser mais difícil medir o sucesso da estratégia.

Metas claras e definidas tornam mais fácil para a liderança definir o sucesso e o fracasso.

Então, quem estiver liderando essa implementação vai se reunir com os líderes da organização para determinar os resultados desejados. 

Os líderes podem já saber quais são os resultados desejados ou eles podem contar com a ajuda do responsável pela implementação para definir as metas realistas.

Assim, definir metas, e criar um plano de ação para trabalhar em direção a elas, é apenas um passo no caminho para mudar o comportamento organizacional.

 

2. Comportamentos que são o alvo da gestão comportamental

Nessa etapa é preciso definir quais são os comportamentos que vão ajudar a alcançar os objetivos da etapa anterior. Por exemplo, se o engajamento dos colaboradores está baixo, talvez seja necessário buscar ações que podem ser direcionadas para criar mudanças específicas nesse comportamento.

 

3. Decida quais métricas serão usadas

Acompanhe as metas da gestão de comportamento com números definidos. Por exemplo, para aumentar o engajamento, você pode definir um número específico de feedback que os colaboradores precisam enviar.

 

4. Encontre a raíz do problema

Novamente, de acordo com o Indeed, muito do que ocorre no trabalho pode afetar as operações do dia a dia e a capacidade da equipe de cumprir as metas. 

Se você está tentando melhorar sua equipe com gerenciamento de comportamento organizacional, dê uma olhada nos dados por trás dos problemas que você está tentando corrigir. Avalie as quatro possíveis causas de problemas:

  1. Antecedentes
  2. Conhecimento e habilidades
  3. Equipamentos e processos
  4. Consequências

Por exemplo, se quiser melhorar a segurança, você pode explorar os equipamentos e procedimentos de processo atuais. Assim, você pode descobrir que há uma falta de treinamento de funcionários.

 

5. Crie uma solução

Depois de seguir todas as etapas anteriores, é preciso criar soluções para os problemas encontrados. Por exemplo, se você descobrir por meio de dados que a falta de treinamento está causando acidentes no trabalho e afetando a segurança, é preciso criar um novo programa de treinamento que pode corrigir isso.

 

6. Avalie os resultados

Por fim, você concluirá as últimas etapas medindo os resultados após a criação da solução. Essas informações podem ajudá-lo a entender como as mudanças que estão sendo implementadas afetam a equipe e a organização.

Existem três áreas principais de resultados para serem avaliados:

  • A avaliação de custo-benefício examinará os resultados com todos os custos associados à intervenção em mente. 
  • Os resultados da mudança de comportamento identificam a eficácia da solução em influenciar os comportamentos desejados.
  • E, finalmente, a aceitabilidade do tratamento examinará como os funcionários e gerentes veem essa solução e se eles a consideram prática, útil e realizável.

 

Exemplos de elementos comportamentais que podem ser melhorados com a gestão de comportamento

Com a abordagem certa, de acordo com o artigo da Change, é possível melhor o comportamento organizacional. Aqui estão alguns elementos comportamentais que sua organização pode decidir cultivar:

  • Aprendizagem contínua. O aprendizado organizacional é fundamental hoje em dia. A revolução digital, por exemplo, exige que muitos trabalhadores atualizem e complementem continuamente suas habilidades. Assim, uma cultura de aprendizagem cultivará comportamentos proativos em relação à aprendizagem e ao melhoramento.
  • Trabalho em equipe. Claramente, quanto melhor os grupos trabalharem juntos, mais positivo será seu impacto na organização. 
  • Alfabetização digital. A fluência digital é outro comportamento positivo a ser construído. Em uma cultura de local de trabalho digital, os colaboradores serão mais qualificados digitalmente, mais produtivos e mais bem-sucedidos na era digital.
  • Abertura para mudar. Quando os funcionários estão abertos a mudanças, eles são mais propensos a abraçar e apoiar novas iniciativas de mudança. Esse suporte se traduzirá em melhor desempenho e produtividade em tempos de mudança.
  • Adaptabilidade. Resiliência é outra característica valiosa quando se trata de comportamentos essenciais. Quanto mais adaptáveis ​​os trabalhadores, melhor eles podem lidar com eventos imprevistos. 

Diferentes organizações terão ideias diferentes sobre quais comportamentos são produtivos e quais não são produtivos.

Por isso, o importante é cultivar comportamentos organizacionais adequados à sua empresa. 

Lembre-se as pessoas são a chave para o sucesso dos negócios. Mudar sua equipe para a direção certa pode ser difícil, mas as recompensas são muitas, tanto financeiramente quanto no bem-estar emocional de cada membro de sua equipe. 

Embora os produtos e/ou serviços que sua organização fornece sejam importantes, a verdadeira chave para o sucesso, em qualquer setor, está na equipe por trás deles.

Se inscreve aí na nossa news 🤩

Tá a fim de receber conteúdos incríveis como esse direto na sua caixa de entrada? Então é só colocar seu e-mail aqui embaixo e assinar a newsletter do Blog da Feedz!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados