[Case Feedz] como a Quanta Previdência aumentou em 200% sua taxa de feedbacks

As empresas hoje estão cada vez mais preocupadas com o desenvolvimento dos colaboradores. Com o mercado aquecido, a retenção de talentos é crucial para o sucesso de um negócio. Além disso,  colaboradores que entendem seu valor para a instituição tendem a ser mais motivados e a produzirem mais. 

Uma pesquisa da Right Management chegou a conclusão que  os trabalhadores motivados são até 50% mais produtivos. No Brasil, o estudo constatou que cerca de apenas 16% dos profissionais se consideram totalmente engajados no seus trabalhos. 

Uma das ferramentas mais eficazes para aumentar esse percentual é o feedback. Porém, essa é uma prática ainda vista como tabu nos negócios, uma vez que muitas pessoas entendem feedback apenas como críticas. 

Conheça agora como a Quanta Previdência mudou o mindset da equipe, posicionou o feedback como base de motivação e eficiência e ainda aumentou em 200%, em um ano, essa prática de cultura com a plataforma da Feedz. 

Conhecendo a Quanta Previdência. 

Mas antes, um pouco de contexto: a Quanta Previdência é uma Entidade de Previdência Privada, nascida em 2004. A empresa surgiu dentro da corrente do associativismo presente no cooperativismo de crédito. O negócio presa por ajudar as pessoas a construírem um futuro mais seguro.

A Quanta está presente em aproximadamente 500 unidades de negócio no Brasil, tem cerca de 100 mil participantes nos Planos administrativos e R$ 3,5 bilhões em ativos administrados.

Desvendando o Feedback

A empresa começou a usar a ferramenta da Feedz em Julho deste ano, quando percebeu que a cultura de dar e receber feedbacks dentro do negócio era ainda muito baseada em uma crença limitante de que a prática era usada mais para críticas e pouco para fortalecer comportamentos e resultados positivos, bem como para desenvolver habilidades dos colaboradores. 

Dentro da Quanta, o feedback era concentrado apenas em dois momentos: na avaliação de desempenho ou no processo de desligamento. Esse cenário corroborava com a visão de  que a prática servia apenas para apontar características e atitudes negativas. 

Além disso, a concentração dos feedbacks em situações pontuais fazia com que muitos alinhamentos perdessem o timing, dificultando tanto a comunicação de quem precisava dar o retorno, quanto a aplicação prática de melhorias da parte de quem recebia a mensagem. 

A busca pela solução

O primeiro passo foi perceber que o cenário em que estavam inseridos era problemático no sentido de que não motivava os colaboradores nem oferecia subsídio para seu desenvolvimento. A equipe de RH da Quanta foi então procurar uma solução e encontrou na Feedz uma ferramenta capaz de mudar a realidade em que estavam inseridos.

A expectativa era conseguir criar uma cultura de dar e receber feedbacks e integrar mais o time por meio de uma plataforma ágil. Mariana de Fátima, assessora de Gestão de Pessoas na Quanta, afirma que “as expectativas foram todas atendidas com agilidade, maestria e motivação”. 

Implementação de uma cultura de feedback

A implementação da ferramenta foi realizada pela área de RH, por meio de um teste de um mês. Os resultados de uma rotina de  retornos mais eficiente e do uso da funcionalidade de gestão de OKR  começaram a aparecer após 45 dias da implementação da plataforma. 

Além da ferramenta, a Quanta elenca como essencial para os resultados positivos o entendimento dos colaboradores sobre a importância destes recursos. Essa resolução só veio após uma palestra dada pela Feedz para a equipe sobre a plataforma implantada e os benefícios de seu uso correto. 

Após isso, cerca de 90 pessoas passaram a entender melhor a importância dos feedbacks levando a prática a sério e dando retornos com maior qualidade e eficácia. 

Colhendo os frutos

A normalização do uso da plataforma pelos colaboradores trouxe maior alinhamento diário dentro da empresa; feedbacks mais assertivos, com menos subjetividades; mais pontuais a fim de resolver uma questão no momento em que ela ocorre; e mais fidedignos. 

Somado ao resultado qualitativo, o uso da Feedz ainda impulsionou o número de feedbacks, consolidando uma cultura de retornos saudável: o aumento foi de 200% em relação ao ano anterior.

Além disso, a gestão de RH pode ter uma melhor percepção sobre o momento do funcionário dentro da empresa por conta do termômetro de humor alimentado diariamente. A ferramenta destinada a OKR também ajudou os líderes acompanharem e a apoiarem a execução dessa forma de gestão ágil.

Desafios

Por mais que os resultados sejam positivos, a evolução precisa ser constante. Por isso, a Quanta elenca como desafio um uso mais efetivo da plataforma na jornada de onboarding, trazendo encantamento ao colaborador recém chegado. 
A longo prazo, a ideia é usar a ferramenta para ter dados o suficiente a fim de estruturar um RH mais ágil, estratégico e focado em People Analytics.