Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Como montar um questionário de avaliação de desempenho de funcionário?

Saber montar um questionário de avaliação de desempenho de funcionário é um processo importante e delicado. 

Os funcionários tendem a mostrar relutância em ter seu desempenho avaliado, por isso é essencial focar bem o processo. 

Além de realizar uma campanha de comunicação interna, recomendamos que você elabore um questionário de avaliação de desempenho de funcionário com perguntas específicas adaptadas a cada perfil. 

Isso deixará os colaboradores mais confortáveis ​​e dispostos a colaborar. Mas, que perguntas podem ser colocadas no questionário? O que precisa ser considerado antes de montar o questionário? A tecnologia pode ajudar nessa tarefa?

É o que vamos ver agora nesse artigo!

 

Aspectos importantes antes de montar um questionário de avaliação de desempenho de funcionário

Como funciona uma avaliação de desempenho? O processo consiste em uma série de etapas que são importantes seguir para obter as informações que a empresa deseja. 

A primeira etapa, e aquela que determina todas as outras, é sempre a mesma: o estabelecimento de metas.

É importante que cada colaborador, em conjunto com a empresa, estabeleça para si uma série de objetivos semestrais ou anuais que sirvam de guia para melhorar e atender às expectativas. Inclusive, líderes podem ajudar seus liderados na criação de PDIs.

Assim, com a ajuda dessas metas, quando chegar a avaliação de desempenho será possível ter uma referência para medir e avaliar o trabalho de cada funcionário. 

Os objetivos também vão ajudar a criar um questionário de avaliação de desempenho de funcionário, com o qual é possível extrair informações qualitativas e também conhecer a visão do trabalhador. 

A segunda etapa a ser levada em consideração na hora de responder ao questionário é a escolha da forma de comunicação.

É importante, durante a reunião de avaliação, criar um ecossistema de comunicação bidirecional. Dessa forma, o funcionário se sentirá mais confortável e valorizado se tiver a oportunidade de fornecer feedback sobre seu desempenho individual. 

Outra etapa é se preparar para a crítica construtiva, nos casos em que o resultado da avaliação é negativo. É importante equilibrar o discurso com a crítica construtiva, conselhos para melhorar nas áreas necessárias e reconhecimento dos sucessos alcançados. 

Caso contrário, o funcionário pode reduzir sua produtividade, sua motivação e até sair da empresa.

Lembre-se: as análises de desempenho são feitas para identificar áreas de melhoria e destacar as boas práticas ou pontos fortes de cada funcionário.

 

Questionário de avaliação de desempenho de funcionário com 15 perguntas

Agora chegou a horar de elaborar o questionário de avaliação de desempenho de funcionário. Essa é uma lista de perguntas para a avaliação de desempenho que deve ser escolhida com cuidado, pois cada uma das perguntas fornece informações diferentes.

questionário de avaliação de desempenho de funcionário

 

1) Antes de começarmos, há algo que você queira dizer?

Essa é a melhor forma de iniciar a conversa, pois dá ao funcionário a oportunidade de dar sua opinião ou dizer algo relacionado à avaliação que possa afetar o processo.

 

2) Qual você acha que é o propósito desta avaliação?

Com essa pergunta, é possível ter uma pista sobre a mentalidade ou atitude do funcionário em relação à avaliação. Alguns sentirão que estão fazendo um teste e outros, em vez disso, verão isso como uma oportunidade de expressar sua opinião.

 

3) Qual foi o seu maior sucesso nos últimos meses?

Comece com coisas positivas. Dê ao colaborador a oportunidade de falar sobre si mesmo, ter orgulho de seu trabalho e explicar o valor que ele traz para a empresa. Isso o ajudará a se sentir confortável e a relaxar.

 

4) Qual você acha que é o seu principal desafio para o próximo ano/semestre?

A resposta do funcionário vai mostrar o nível de consciência sobre seu ambiente e os desafios que virão. Ao final de cada avaliação, cada colaborador deve estar apto a planejar e ter clareza sobre os rumos que seu desenvolvimento profissional deve tomar. Além disso, com essa resposta, ele vai dar uma dica sobre como a empresa pode ajudá-lo a atingir suas metas de desenvolvimento individual.

 

5) Você acha que seus objetivos pessoais estão alinhados com os da empresa?

Esta pergunta tem dois objetivos. Primeiramente, é saber se o funcionário se sente conectado com o que está acontecendo na empresa ou não. E em segundo lugar, é uma forma direta de saber se ele está crescendo como profissional.

 

6) Se você pudesse mudar um aspecto na sua função atual, o que seria e como você faria a mudança?

A pessoa que desempenha uma função é a melhor fonte de informação sobre as possíveis deficiências dessa função. Essa pergunta dá aos gestores a oportunidade de identificar problemas e fazer melhorias.

 

7) Se você pudesse fazer uma mudança de alto nível, o que seria e como você a implementaria? 

Os funcionários estão acostumados a conviver com o dia a dia dos negócios e podem não saber o que acontece na administração ou gerência da empresa. Essa pergunta pode, por um lado, gerar ideias criativas e, por outro, fazer com que o funcionário compreenda o quão difícil às vezes é implementar certas mudanças.

 

8) Que aspectos você acha que deveria melhorar?

O objetivo dessa pergunta é descobrir se o colaborador tem consciência das suas limitações e do seu nível de autoconhecimento como profissional.

 

9) Você acha que sua equipe está trabalhando bem?

Com certeza o funcionário faz parte de uma equipe de pessoas e trabalha junto com outros profissionais. O bem-estar dessa equipe é essencial para o sucesso de uma empresa, por isso nunca é demais obter informações sobre a dinâmica interna do time e possíveis melhorias.

 

10) Que obstáculos você encontra para alcançar seus objetivos?

 A maioria dos funcionários não critica a empresa, a menos que seja solicitada uma opinião sincera. Esta pergunta ajuda muito nesse sentido.

 

11) Você tem todos os recursos e ferramentas necessários para fazer seu trabalho?

Essa pergunta é importante porque dá ao funcionário a oportunidade de dizer quais são as limitações técnicas que ele encontra em sua vida cotidiana e como poderia melhorar sua produtividade se ferramentas ou recursos adicionais fossem fornecidos

 

12) O que você faria de diferente se fosse o responsável pela equipe?

 O objetivo desta questão é detectar pontos de “discordância” por parte do funcionário em aspectos relacionados à equipe ou à gestão do trabalho, a fim de estudar formas de resolver esses pontos. Além disso, ideias interessantes podem ser extraídas dessa pergunta para ajudar as equipes internamente.

 

13) Como você gostaria de receber feedback? Você recebeu feedbacks suficientes esse ano?

Quando se trata de dar feedback, há pessoas que preferem a privacidade de uma sala e outras não se importam que o resto da equipa esteja presente. É importante entender as preferências uns dos outros para que o processo de feedback seja positivo. Em relação à segunda parte da pergunta, também é interessante saber se o funcionário percebe que está recebendo comentários suficientes sobre o seu trabalho ou não.

Leia também:

? Feedback: o que é, por que e como dar um retorno incrível

? Como o feedback contínuo melhora as avaliações de desempenho

? Feedback sanduíche: por que passar longe dessa técnica?
? Como dar feedback para o chefe (sem medo de ser feliz)

 

14) Que mudanças você gostaria de ver no ambiente de trabalho? 

Os funcionários costumam ter ideias sobre como gostariam que o escritório fosse ou o que acham que poderia ser incluído na cultura da empresa. Assim, o trabalho home office também pode ser aprimorado.

 

15) Você tem perguntas? 

É importante terminar oferecendo a palavra novamente ao funcionário para que ele faça as perguntas que desejar. Novamente, isso lhe dará confiança e fará com que ele se sinta valorizado.

Um questionário de avaliação de desempenho de funcionário tem como objetivo, agora mais do que nunca, focar nas pessoas para ajudá-las a atingir seus objetivos dentro da empresa e crescer profissionalmente. Assim, ambas as partes ganham. 

O objetivo é estimular uma cultura de trabalho baseada no mérito e abrir espaços para que o feedback, ainda que informal, flua constantemente. O feedback deve ser concreto, personalizado e significativo.

Por isso, agende a reunião de avaliação com antecedência e, aproximadamente duas semanas antes da reunião, peça ao funcionário para escrever algumas coisas que ele fez no último ano de que se orgulha

Isso vai ajudar a refrescar sua memória e vai dar um aspecto positivo a um evento que às vezes é considerado negativo.

Larissa Gracietti

Larissa Gracietti

Voar pelo conteúdo

A plataforma completa para aumentar o engajamento e desempenho de colaboradores

Outros conteúdos que você pode gostar

Cadastre-se e receba os melhores conteúdos sobre engajamento e desempenho em primeira mão!