Pós pandemia: quando e como pensar na volta ao escritório

A volta ao escrit√≥rio p√≥s pandemia divide opini√Ķes, mas pode ser feita atendendo √†s necessidades dos empreendedores e colaboradores.
Colaborador retornando ao trabalho pós pandemia

Pensar no mundo p√≥s pandemia n√£o √© apenas um ‚Äúcapricho‚ÄĚ dos empreendedores, e sim uma forma de tentar restabelecer a normalidade industrial e comercial, principalmente se pensarmos nos centros econ√īmicos do Brasil, que carecem dessa volta √† ‚Äúnormalidade‚ÄĚ, para voltar a crescer. Consequentemente, isso tamb√©m significa pensar na volta ao escrit√≥rio.¬†

√Č de comum acordo que a normalidade ap√≥s a pandemia do coronav√≠rus no Brasil s√≥ acontecer√° ap√≥s a vacina√ß√£o da maioria da popula√ß√£o com as duas doses, independente da vacina. Apesar disso, de que normalidade n√≥s estamos falando?

Essa √© uma quest√£o que pode dividir opini√Ķes, dentro das pr√≥prias empresas inclusive.

Acima de tudo, os dois lados t√™m as suas raz√Ķes para desejarem duas realidades opostas. Para os colaboradores, o home-office significa mais tempo com a fam√≠lia, menos tempo de deslocamento e certo conforto longe das press√Ķes sociais do escrit√≥rio.¬†

Em contraste, a volta ao escritório significa maior interação colaborativa entre todos os funcionários, ganhos de comunicação e trabalho em equipe, uma gestão mais próxima, e além disso, desenvolvimento de cultura organizacional e criativa. Então, qual é a melhor saída?

Maquiavel diria: é necessário pensar na realidade da forma como ela é, e não como queríamos que ela fosse.

Dito isso, encaramos que, mesmo com boa parcela da população imunizada, a normalidade plena ainda poderá demorar cerca de dois a três anos para acontecer. 

A melhor saída é unir o desejo dos líderes com o dos funcionários, para fazer as coisas darem certo. Uma volta ao escritório híbrida é um exemplo.

No mundo pós pandemia, com o controle pandêmico, o trabalho presencial em escritórios volta.

Desde grandes empresas, at√© mesmo os pequenos neg√≥cios locais, voltar√£o a funcionar presencialmente sem nenhuma d√ļvida. Mas, provavelmente, parte da equipe ir√° trabalhar presencialmente, enquanto outros continuar√£o de casa.¬†

A escolha de quem continua em casa, e quem volta para a empresa, pode ser feita de forma aberta, de comum acordo, entre empreendedores, o setor de RH e os colaboradores.

Para alguns, existem mais vantagens em continuar em casa, enquanto outros necessitam presenciar e viver a cultura da empresa lá mesmo. 

 

Mudanças inevitáveis pós pandemia 

Colaboradores voltando ao trabalho pós pandemia

 

Algumas coisas, provavelmente, nunca mais serão como eram antes da pandemia de coronavírus.

Segundo pesquisa publicada pela empresa Robert Walters, 37% das empresas brasileiras cogitam diminuir o tamanho dos seus escritórios, a fim de melhorar a experiência de trabalho pós pandemia e economizar dinheiro. 

Locais de trabalho, baseados em um plano de escritório aberto, podem ser redesenhados para garantir a segurança dos funcionários. 

Além disso, como já foi dito anteriormente, 26% dos colaboradores não podiam trabalhar de casa antes da pandemia de coronavírus, mas 88% esperam ter mais flexibilidade quando a pandemia terminar.

Nesse caso, além da volta híbrida, as empresas também podem ser mais flexíveis com os funcionários, uma vez que o trabalho remoto na pandemia não diminuiu a produtividade. 

Dito isso, 73% das empresas entrevistadas planejam permitir um trabalho remoto mais frequente na pós pandemia. Ainda segundo a pesquisa, 64% dos colaboradores acreditam que os líderes precisam focar mais nos resultados do que no tempo gasto para realizar uma tarefa. Para o home office dar certo no pós pandemia, os líderes podem usar as metas alcançadas como forma de medida para o sucesso. 

 

Como voltar ao escritório pós pandemia?

Voltar ao escrit√≥rio, como j√° foi dito, representa a recupera√ß√£o econ√īmica do pa√≠s e, consequentemente, um retorno gradual √† normalidade. Ainda assim, todas as empresas precisam planejar essa volta cuidadosamente, obedecendo todas as medidas sanit√°rias de seguran√ßa.¬†

Ou seja, para voltar ao escritório, o ambiente precisa estar 100% para todos ali presentes. Dito isso, muitos líderes já desenham uma volta, e nós a mostramos em cinco passos para você. Confira!

 

1. Abrir escritórios

Primeiramente, os empreendedores precisam deixar os escrit√≥rios preparados para estarem de acordo com todas as restri√ß√Ķes do coronav√≠rus.¬†

Para que a volta ao escritório seja tranquila, para empreendedores e colaboradores, os funcionários interessados podem se voluntariar para um retorno parcial. Isso pode ser feito através de um agendamento dos mesmos para uma visita ao escritório com o departamento de RH, garantindo que a ocupação do local de trabalho seja menor que 25%. 

Já aqueles que desejam continuar trabalhando de casa, ou que precisam pegar condução para chegar ao escritório, podem compor os 75% dos funcionários que continuarão trabalhando de casa. 

2. Revezamento de equipes

Com o controle pand√™mico, a tend√™ncia √© que as restri√ß√Ķes do governo sejam menos rigorosas e a ocupa√ß√£o do escrit√≥rio possa aumentar com o passar do tempo.¬†

Consequentemente, os colaboradores podem ser revezados para comparecer ao escritório em diferentes dias, e até horários diferentes. Alguns colaboradores ainda poderão trabalhar de casa, mas precisam avisar seus gestores, para que a ocupação do escritório alcance no máximo 50%.

3. Horário flexível

Certamente, horas de trabalho flex√≠veis s√£o implementadas para garantir que o trajeto ao escrit√≥rio atrav√©s de transporte p√ļblico seja seguro, permitindo que os funcion√°rios possam retornar ao escrit√≥rio durante essa fase. Nessa fase, a ocupa√ß√£o do escrit√≥rio ainda permanece no m√°ximo em 50%.

 

4. Aumentando a ocupação do escritório

Depois do controle total da pandemia, os colaboradores s√£o encorajados a retornar ao escrit√≥rio em um n√ļmero fixo de dias por semana. Apesar disso, aqueles com preocupa√ß√Ķes de sa√ļde s√£o encorajados a ficar em casa. Nessa fase, a ocupa√ß√£o sobe para 75%.

 

5. Retorno completo ao escritório

Ficou claro que o retorno ao escritório será gradual, não é mesmo? O fim dessa progressão pode ser o retorno de todos os colaboradores para a empresa, sendo que eles serão encorajados para isso. Apesar disso, ainda pode ser mantido maior flexibilidade para trabalhar de casa, tendo a ocupação aumentada para 90%.

Apesar disso, como já foi dito anteriormente, a volta de 100% dos funcionários para a empresa, mesmo após o controle total da pandemia, não será uma realidade para todas as empresas. Certamente, veremos muitas delas optarem por um sistema misto de funcionamento, onde muitos funcionários continuarão trabalhando de suas próprias casas. 

Al√©m de ser um desejo de muitos colaboradores, o sistema h√≠brido pode ser bem mais econ√īmico para as empresas, principalmente nesse momento onde muitas delas est√£o se recuperando economicamente de todos os problemas financeiros gerados pela pandemia de coronav√≠rus.¬†

 

Conclusão 

Voltar ao escrit√≥rio, trazer de volta a ‚Äúnormalidade‚ÄĚ que tanto se fala, parece uma realidade cada vez mais pr√≥xima. As medidas sanit√°rias para que colaboradores voltem a ocupar os espa√ßos de trabalho √© um grande passo para que gestores recuperem economicamente e socialmente o que foi perdido durante a pandemia.¬†

Para que a volta ao trabalho ocorra de maneira correta, as organiza√ß√Ķes devem se planejar e organizar um conjunto de medidas que atendam √†s especifica√ß√Ķes dos √≥rg√£os de sa√ļde, como rever a utiliza√ß√£o de equipamentos, estabelecimento de hor√°rios e reorganiza√ß√£o das √°reas compartilhadas dentro da empresa.¬†

Seguindo todas as medidas estabelecidas, o retorno ao escritório será feito de forma gradual, até que o ambiente esteja 100% seguro para receber de volta colaboradores e toda a equipe de trabalho. Além disso, adotar modelos diferentes de trabalho, como o modelo híbrido, deve ser algo cada vez mais comum entre empresas de diversos segmentos.

simbolo_color

A plataforma completa para aumentar o engajamento e desempenho de colaboradores

‚úĒ Todas as ferramentas de gest√£o de pessoas em um s√≥ lugar
‚úĒ O software mais indicado para empresas acima de 25 colaboradores

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados

síndrome de burnout no ambiente de trabalho
Síndrome de burnout: o que é e como evitar no trabalho

A s√≠ndrome de burnout √© uma doen√ßa com taxas preocupantes no Brasil e no mundo. Por isso, agora, mais do que nunca, √© a hora de as organiza√ß√Ķes e seus l√≠deres cuidarem do bem-estar e da sa√ļde mental de seus funcion√°rios.