[URGENTE] 🚨 Confirmado: Vai ter evento presencial da Feedz em São Paulo! #FeedzDay

O que é um outlier no trabalho e como eles podem fortalecer a cultura?

pessoa outlier

O que é um outlier? Um “outlier” é qualquer pessoa ou qualquer coisa que esteja muito fora dos parâmetros normais. Nos negócios, um outlier é uma pessoa extremamente mais ou menos bem-sucedida do que a maioria.

Mas, o que isso significa para o RH? Aprender como identificar pessoas de alto desempenho no local de trabalho é a principal responsabilidade de qualquer gestor e responsável pelo RH. 

Por isso, neste artigo vamos nos aprofundar sobre esse tema, bora lá!

 

O que é um outlier no trabalho? 

Malcolm Gladwell escreveu um livro chamado Outliers (Fora de Série, em português), que estuda o comportamento das pessoas super bem-sucedidas em suas áreas. 

Assim, outlier é o termo científico para exemplos que estão fora da faixa normal.

o que é um outlier
Em estatísticas, os outliers são dados que se diferenciam drasticamente de todos os outros, são pontos fora da curva.

 

O livro de Gladwell é provavelmente mais famoso por seu conceito de que são necessárias 10.000 horas para que uma pessoa se torne mestre em uma determinada tarefa. A tese é do Anders Ericsson.

Por meio de exemplos como The Beatles e Bill Gates, o autor explica que algumas pessoas possuem mais sucesso do que outras por meio de uma combinação de trabalho duro e estar no lugar certo na hora certa.

Agora, fazendo parte do RH, você sabe que funcionários de alto desempenho são a chave para o sucesso. Por esse motivo, é vital entendê-los.

Mas como você reconhece quais pessoas são outliers e como você usa esse conhecimento?

 

Como identificar uma pessoa outlier?

Segundo o recente artigo da Acquira, existe um processo para identificar um funcionário de alto desempenho.

A primeira coisa a fazer é criar um organograma empresarial do atual cenário da empresa. Como o negócio está estruturado agora?

exemplo de um organograma
Exemplo de um organograma que pode ser feito para identificar outliers

Feito isso, você deve começar a agendar reuniões individuais com cada um dos gerentes. Pergunte a eles quem se reporta a quem e o que cada pessoa faz. 

Depois de entrevistar essas pessoas por um tempo, você começará a notar o surgimento de dois organogramas: o primeiro mostra literalmente quem se reporta a quem; o segundo mostrará o verdadeiro fluxo de comunicação que existe.

Quanto menos otimizada for a empresa, maior será a diferença entre esses dois organogramas. 

Por exemplo, o CEO de uma empresa não deve determinar o que alguém dois ou três níveis abaixo dele no organograma deve fazer no dia a dia. Pois, isso não é responsabilidade deles.

Aquisição e retenção de talentos em startups

Afinal, é por isso que as estruturas organizacionais existem: elas definem a estrutura dos relacionamentos para que todos possam trabalhar juntos com eficiência em direção a um objetivo final. 

Pergunte a esses gerentes quais funcionários eles acreditam ter o melhor desempenho.

Esses organogramas são ótimos para identificar quais funções são importantes e quem dentro da organização está fazendo um trabalho que deve ser executado por várias pessoas. 

Você também descobrirá, ao entrevistar esses gerentes, que existem certas pessoas que não correspondem ao restante do organograma em termos de quantidade de trabalho que realizam. Essas pessoas são os outliers, que fazem mais do que os outros.

 

O que fazer quando encontrar candidatos outliers?

Quando você encontra pessoas de alto desempenho, outliers, é normal querer encontrar ainda mais pessoas assim. O que há nessas pessoas que cria seu sucesso? 

Converse com todas as pessoas outliers que você identificar. Você precisa descobrir uma forma para reunir as habilidades dos outliers e transformá-las em um sistema que pode ser aprendido pelos outros trabalhadores.

Como fazer isso?

O processo de reunir as habilidades é muito parecido com uma investigação. 

Ao encontrar uma pessoa outlier, você pode se perguntar “como essa pessoa consegue ser um colaborador tão participativo nas atividades e um gerente de projeto?”. 

Para entender isso, primeiro você precisa entender como os outros gerentes de projeto trabalham e como os outros gestores trabalham. Com base nisso, você pode começar a entender como funciona a pessoa outlier. 

O processo é demorado, mas é absolutamente essencial.

 

Ideias de perguntas para entrevistas com os outliers

Essas perguntas serão diferentes para cada pessoa. Mas aqui estão alguns exemplos de perguntas que podem ser feitas para uma pessoa outlier:

  • Como você se mantém organizado?
  • Como você motiva sua equipe?
  • Quantas pausas você faz?
  • O que você valoriza no seu trabalho?

No caso dos gestores, após a entrevista, você pode passar um dia acompanhando-os para ver como eles trabalham. Em seguida, você pode acompanhar um ou dois outros gestores para ver o que eles fazem de forma diferente. 

Você provavelmente notará que muitas dessas pessoas outliers são bastante exigentes em termos de qualidade e velocidade. 

A diferença entre uma organização eficiente e uma ineficiente geralmente se resume a um padrão de velocidade.

A qualidade deve ser sempre a prioridade, mas o padrão de velocidade determinará quantos trabalhos você pode gerenciar. 

Enquanto algumas pessoas gastam mais tempo fazendo pausas extras para o café ou para conversar, outras irão se esforçar em um nível elevado de produtividade durante todo o dia.

É provável que a pessoa que se esforce continuamente seja pelo menos duas vezes mais eficaz do que os outros colaboradores.

 

Saber o que é um outlier e contratá-los pode fortalecer a cultura da sua empresa

Agora que você já sabe o que é um outlier, provavelmente você deve ter associado essas pessoas com a inclusão e diversidade. Visto que, culturas fortes são construídas sobre a diversidade de pensamento e perspectiva. 

Assim, se pergunte: No lugar onde eu trabalho, estamos contratando pessoas com características e personalidades semelhantes?

Se sua resposta for sim, isso pode colocar sua organização em desvantagem competitiva.

É por isso que a contratação de outliers cria uma cultura forte e é melhor para os negócios.

O foco no talento em vez da conformidade cria culturas fortes. E isso vem de cima para baixo, visto que alcançar os objetivos da empresa é a principal prioridade. Os CEOs devem estar sempre acompanhando o recrutamento e garantir que o RH e outros entrevistadores estejam contratando de acordo.

O modelo antigo de recursos humanos contratava as pessoas mais com um senso intuitivo de: ‘Eu me daria bem com essa pessoa?’ e isso não é muito confiável.

Organizações com culturas fortes e recrutadores focados no novo RH tendem a valorizar a criatividade e a diferença. 

 

Como pensar de forma diferente sobre a contratação?

Você já deve ter ouvido histórias de pessoas inteligentes e ambiciosas que não tinham a menor experiência no setor para o qual ela estava sendo contratada e ainda assim ganhou uma chance e superou todas as expectativas. 

Como essa pessoa fez isso? Na verdade, é muito simples. Quem estava recrutando olhou para a pessoa, em primeiro lugar, ou seja, o que a motivou e o que ela, pessoalmente, poderia agregar à organização. 

É hora de contratarmos de forma diferente e pensarmos de forma diferente sobre a contratação!

Como resultado, você pode esperar encontrar os talentos mais inovadores e bem-sucedidos da história de sua empresa. 

É possível que algumas dessas contratações não dê certo? Sim. Mas isso vai ser menos frequente do que os candidatos “perfeitamente qualificados” que você pode recrutar.

Na próxima vez que você precisar preencher uma vaga, pare e pense no tipo de pessoa de que precisa, não no tipo de currículo. 

Procure traços de caráter, pensamento inovador e interesse genuíno pela sua empresa e pelo que ela faz. Entreviste uma ampla gama de candidatos, incluindo alguns “outliers”. 

Se você estiver com disposição de pensar fora da caixa, provavelmente contratará alguém que também o fará, para o bem de sua empresa.

 

Cinco dicas para descobrir o valor de candidatos outliers

Para empresas

  • Esteja aberto à incerteza e considere trazer mais outliers em seu mix de talentos.
  • Observe o potencial e a personalidade dos candidatos, não apenas suas habilidades e experiência.

Para recrutadores:

  • Atreva-se a apresentar candidatos atípicos de destaque que podem não atender a todos os critérios formais.
  • Pense de forma ampla e estratégica sobre os principais fatores de sucesso da função e onde encontrar candidatos.
  • Cultive relacionamentos duradouros, mantendo o talento na tela do radar até que surja a oportunidade certa.

E aí, você já sabia o que é um outlier? Quantos deles tem na sua empresa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Larissa Gracietti

Larissa Gracietti

Voar pelo conteúdo

A plataforma completa para aumentar o engajamento e desempenho de colaboradores

Assine nossa newsletter!

Outros conteúdos que você pode gostar