O poder da gamificação no engajamento dos colaboradores na empresa

O poder da gamificação no engajamento dos colaboradores na empresa

Já falamos por aqui sobre a importância de manter um colaborador engajado. Além de gerar maior qualidade de vida para o profissional, a satisfação com o trabalho o torna mais produtivo, trazendo mais resultados para o negócio. 

Se por um lado o colaborador engajado traz rentabilidade, por outro, o que não se identifica com o negócio pode trazer prejuízo:  estima-se que o custo de substituição de um profissional desengajado seja de até 30% do seu salário anual. Mas como manter o engajamento da equipe?

Entre as várias técnicas já abordadas aqui para estimular a satisfação e identificação com o trabalho está a gamificação. Essa prática usa ferramentas de jogos para gerar uma relação de desafio e recompensa no cérebro do colaborador, aumentando sua vontade de alcançar as conquistas. 

No dia a dia, muitos dos aplicativos e marcas que usamos se utilizam de técnicas de gamificação mesmo sem percebermos, como as estrelas com a qual avaliamos o motorista do app de transporte, as informações que alimentamos no GPS e o cartão fidelidade que recebemos dos restaurantes. Todos esses exemplos nos estimulam a querer superar um desafio, “passar de fase”.

Gamificação nas empresas

O conceito é o mesmo dentro das empresas, criar ações gamificadas não significa montar um tabuleiro gigante ou criar jogos onlines com assuntos relacionados ao trabalho – apesar disso também poder ser feito. 

Um sistema de metas que gere bonificação, um software que estimule uma ação diária em troca de pontos ou uma competição saudável dentro da companhia são exemplos de ações com base em gamificação que podem ser facilmente adotadas por qualquer empresa. 

Em uma loja de roupas, por exemplo, pode-se estimular que a cada compra os vendedores ganhem cinco pontos, quem chegar a uma determinada quantia de pontos primeiro ganha um desconto maior em uma peça da loja, ou até mesmo uma folga. 

Outro exemplo: em uma agência de marketing os colaboradores precisam preencher uma tabela todos os dias, os que o fizerem ganham pontos, ao atingir uma determinada quantia se dá ao colaborador algum benefício. 

Como isso engaja?

Assim como em jogos, o desafio seguido de recompensa estimula que as pessoas se comprometam mais, queiram chegar até o fim da jornada e ganhar alguma coisa com isso. Em alguns casos, só o fato de estar “na frente” de seus colegas em um sistema de pontuação já serve de motivação

Mas antes de implementar algo neste sentido na empresa é preciso olhar para o perfil dos colaboradores. Se a competitividade em grupo não for uma característica pujante, o melhor é optar por técnicas que ofereçam benefícios individuais. Já se a equipe é competitiva, exibir a pontuação  pode ser uma boa estratégia.

Essa ferramenta pode ser usada para gerar engajamento em várias áreas e corrigir gaps. Se a equipe como um todo não trabalha em sinergia, é possível criar um desafio onde pontua quem traz mais resultados a partir de trabalho conjunto, por exemplo.

O importante é olhar  para o time de colaboradores da empresa, entender o perfil e a as necessidade, para aí sim procurar por uma solução gamificada. 

Você já pratica gamificação na sua empresa? Como funciona? Conte para gente!

One thought on “O poder da gamificação no engajamento dos colaboradores na empresa

Comments are closed.

Comments are closed.