tomada de decisão

[MicroPost] Processo de tomada de decisão

+ sobre Bruno Soares

Um dos principais papéis de um líder é participar de processos para uma boa tomada de decisão e em alguns casos, propriamente tomar decisão.

Existem decisões fáceis e difíceis, podemos chamar de “one way door” e “two way door”.

Decisões “one way door” são decisões normalmente irreversíveis ou são muito custosas para serem revertidas. Por exemplo, a decisão de desligamento de muitas pessoas, a compra de uma nova empresa ou até mesmo a compra de um equipamento muito caro.

As “two way door” por outro lado, são fáceis de reverter e tentar alguma coisa diferente. Por exemplo, aumentar por um mês a verba de mídia paga, delegar atividade X para a pessoa Y, experimentar um novo processo.

Independente do tipo de decisão tomada, uma coisa super importante e muitas vezes esquecida é o acordo com todos sobre essa decisão.

O primeiro passo é deixar clara qual foi direção escolhida. Ninguém pode ter dúvidas sobre isso.

O segundo passo é o que Andy Grove chama de “full support” e Jeff Bezos chama isso de “disagree and commit”.

Após a decisão ser tomada, independente se o líder que participou da discussão, concorda ou não com a decisão final, é necessário que todos deem apoio completo sobre aquela decisão, perante aos pares e perante sua equipe.

O papo de “eu avisei que não ia/vai dar certo” não pode existir.

A decisão foi tomada, a direção está clara e mesmo que não concorde, é necessário um compromisso de sucesso na decisão tomada.