crise econômica

Como a transparência do CEO pode ajudar a superar a crise

A crise econômica gerada pelo avançar do novo coronavírus já fechou 600 mil micro e pequenas empresas no Brasil, de acordo com o Sebrae. Ao todo, 9 milhões de colaboradores ficaram sem emprego. Para os que conseguiram permanecer abertos, a situação também não é favorável: 30% dos empresários precisaram recorrer a empréstimos. Superar a crise não é tarefa fácil, mas a transparência pode ajudar os CEOs a manterem os negócios funcionando nesse cenário.

 

Ser transparente não irá trazer mais dinheiro para a empresa ou amenizar a crise no mundo, você pode estar pensando. Mas uma liderança comprometida em mostrar  sempre o cenário verdadeiro contribui para o engajamento, comprometimento, compartilhamento de ideias e bem-estar dos colaboradores e isso sim pode ajudar os negócios a superarem a crise. 

 

Principalmente para empresas que conseguiram instituir e manter o home office é crucial que a transparência esteja sempre presente — afinal, não dá para “sentir o clima” do escritório a distância. Ser um CEO transparente significa compartilhar com os colaboradores como anda a saúde financeira do negócio, o quadro de clientes, as ações de redução de custos e as conquistas. Isso permite:

Aumento do engajamento

ao compartilhar a situação financeira do negócio e expor possíveis cenários de solução, os CEOs mostram como o trabalho de cada um pode impactar na empresa. Ao entender que não é apenas função do líder pensar na saúde da instituição e que o trabalho de cada um pode ajudar o negócio a sobreviver a crise se instaura um clima de engajamento e cooperação. Assim, todos entendem a importância de estar comprometidos neste momento, para ajuda a empresa manter os clientes atuais e até conquistar novos.

 

Compartilhamento de ideias

quantas vezes já ouvimos que quem está dentro do problema não consegue enxergar a solução? Os CEOs estão todos os dias pensando em soluções para manter o negócio ativo e lidar com possíveis falta de caixa, o que, por vezes, pode limitar seu poder criativo. Ao explicar a situação da empresa para os colaboradores e pedir sugestões de novos produtos, processos ou práticas que contribuam para a saúde do negócio, os CEOs podem ter novos insights sobre como superar a crise. 

 

Manutenção do espírito de equipe

ao entender qual a situação do negócio e como o seu trabalho impacta diretamente na manutenção das operações, as pessoas se sentem “em um mesmo barco”, sensação que pode ser  de difícil manutenção com o trabalho a distância. É papel dos CEOs aproximar os colaboradores, mostrar como ações conjuntas podem impactar positivamente o negócio no cenário atual. 

 

Como ser transparente?

A melhor forma de aderir todos esses benefícios ao seu negócio é fazendo reuniões periódicas com  um update de como anda a saúde financeira da instituição. É crucial que sejam elencados pontos de preocupação e conquistas, assim os colaboradores se sentem valorizados e realmente parte da empresa. 

 

Caso não seja possível juntar todos em uma videoconferência, pode ser feito um Webinar ou um e-mail  com tais informações. O vídeo, no entanto, é sempre mais indicado porque gera proximidade e identificação. 

 

Transparência e conversa são as chaves para manter o engajamento e produtividade em momentos de crise. No seu negócio, como andam esses dois fatores?


One Reply to “Como a transparência do CEO pode ajudar a superar a crise”

Comments are closed.