Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

10 atividades de integração para colaboradores que você precisa testar

Chegou o dia de falarmos sobre um assunto que os profissionais de RH conhecem bem, mas que nem todos colocam em prática com frequência: a realização de atividades de integração.

Nós já falamos algumas vezes, aqui no Blog da Feedz, sobre como a integração de novos talentos é importante para facilitar a compreensão de processos, gerar engajamento e aumentar a produtividade, certo?

Esse é o objetivo principal por trás do onboarding, nome que se dá ao processo de familiarização e integração de um novo funcionário com a organização.

Acontece que fazer com que os colaboradores se sintam parte da companhia e estejam em sinergia com os demais membros da equipe, é um trabalho constante.

E é principalmente nesse contexto que as atividades de integração entram em jogo como um forte aliado da gestão de pessoas.

 

A importância das atividades de integração na jornada do colaborador

Como o próprio nome sugere, atividades de integração têm como propósito garantir a aproximação entre os integrantes de um time, possibilitando que criem um vínculo de confiança e amizade.

Elas podem ser aplicadas em diferentes momentos da jornada do colaborador, a fim de atingir objetivos diversos, como introduzir um novo membro ao time ou até mesmo melhorar a comunicação entre todos e, consequentemente, o clima organizacional.

Seja qual for a situação, as atividades de integração trazem muitos benefícios para as empresas, como:

Vale lembrar que funcionários que são constantemente estimulados, tendem a permanecerem em seus trabalhos.

Os resultados obtidos por uma pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), em 2016, ilustram bem essa informação.

O estudo constatou um índice de 24% de rotatividade voluntária nas empresas brasileiras. Enquanto, entre “As 150 Melhores Empresas Para Trabalhar no Brasil” em 2019, a taxa é de 7%.

Além disso, um levantamento feito pela Universidade da Califórnia identificou que trabalhadores mais felizes são, em média, 31% mais produtivos, três vezes mais criativos e vendem 37% a mais em comparação com outros.

Atividades de integração para colocar em prática

Agora que já falamos sobre algumas das vantagens das atividades de integração, chegou o momento de apresentar algumas dinâmicas que podem ajudar você e a sua empresa a atingirem esses objetivos. Se liga na lista que preparamos!  

 

1. 3 verdades e 1 mentira

A primeira atividade de integração da nossa lista é ótima para aqueles momentos em que um novo membro chega à equipe ou até mesmo para aproximar funcionários que já trabalham juntos há mais tempo.

A execução por trás dela é bem simples: cada membro do time deve anotar ou falar quatro situações sobre a sua vida, sendo 3 verdades e 1 mentira.

A partir de então, os demais participantes têm que tentar adivinhar qual das situações é falsa.

Além de ser uma dinâmica divertida, ela também é uma ótima oportunidade para que as equipes criem mais afinidade.

 

2.    Dinâmica dos objetos

Se você quer fortalecer os vínculos entre os membros de um time, estimulando a confiança entre eles, a dinâmica dos objetivos é uma boa escolha!  

Peça para que os colaboradores levem um objeto pessoal, que tenha valor emocional, para a empresa.

Todos os objetos devem ser colocados em uma caixa, sem que seja possível identificar os donos, e distribuídos entre o grupo, de forma aleatória.

A partir de então, os colaboradores terão um tempo para cuidarem dos objetivos recebidos e tentarem descobrir a quem o item pertence.

Na hora agendada para o encerramento da atividade, os participantes devem dizer o nome do colaborador a quem eles acham que o objetivo pertence e contar como chegaram a essa conclusão.

Ao final, quando todos os nomes forem revelados, peça para que os integrantes compartilhem a história por trás do objeto escolhido.

Essa dinâmica ainda pode ser adaptada para o home office. Peça para os colaboradores enviarem uma foto do objeto e, depois, as distribua entre os participantes.

Na hora da revelação, marque uma reunião virtual para que o pessoal possa tentar adivinhar e contar suas histórias.

Dinâmicas de grupo online para candidatos e colaboradores
Como fazer uma dinâmica sobre inclusão e diversidade

 

3. Quebra-cabeça trocado

Você sabia que o quebra-cabeça pode ser utilizado para estimular o trabalho em equipe, a capacidade de comunicação e o senso de liderança? Bom, a atividade do quebra-cabeça trocado é a prova disso.

Para colocá-la em prática, você vai precisar dividir os participantes em dois pequenos grupos, com tamanhos iguais. Cada grupo vai receber um quebra-cabeça diferente, porém, com o mesmo nível de dificuldade.

O segredo dessa dinâmica é que, antecipadamente, o moderador deve misturar algumas peças do quebra-cabeça do grupo 1 com o quebra-cabeça do grupo 2, e vice-versa, sem que os participantes saibam.

A ideia é que ao longo da execução, as equipes se dêem conta do que aconteceu e entrem em um consenso para recuperar as peças faltantes.

 

 

 

4.    Campo minado

A quarta atividade da lista tem como objetivo trabalhar a confiança entre colegas de trabalho, de forma bem simples. Para colocá-la em prática, você vai precisar:

  • dividir a equipe em duplas;
  • preparar um trajeto com obstáculos, utilizando os próprios objetos do escritório (mesas, cadeiras, caixas e barbante);

Quando tudo estiver pronto, um dos participantes deverá atravessar o circuito vendado, apenas seguindo as orientações da sua dupla.

 

5.    Resolução de problemas

A capacidade de solucionar problemas é uma habilidade muito desejada pelas empresas, que pode, inclusive, ser trabalhada em atividades de integração.

Uma forma de fazer isso é dividindo os colaboradores em pequenos grupos e apresentando um problema real para cada um deles resolver.

A ideia é que as equipes tenham um tempo para conversarem sobre o caso e buscarem soluções reais para apresentar ao final da dinâmica. 

Além de incentivar a resolução de problemas, esse também é um ótimo jeito de promover o trabalho em equipe e a escuta ativa.

 

6.    Nó Humano

Além de render boas risadas, o “Nó humano” é uma dinâmica incrível para trabalhar o diálogo e a cooperação.

A ideia é que você reúna de 8 a 20 participantes e peça para que eles formem um círculo, dando as mãos para os colegas que estiveram ao lado.

Na sequência, o círculo será desfeito e os participantes poderão caminhar livremente na sala.

Ao sinal do moderador, todos devem parar onde estão e dar a mão para as pessoas exatas que estavam ao seu lado direito e esquerdo na formação original do círculo, porém, sem sair do lugar.

Assim que todos estiverem ligados aos companheiros, o grupo terá formado um grande nó. O desafio é fazer com que todos voltem para a posição inicial, em formato de círculo, sem soltarem as mãos.

Ah, e se for fazer essa dinâmica durante a pandemia, não esqueça de caprichar no álcool em gel.

? Integração de colaboradores: 5 dicas para engajar novos funcionários imediatamente
? Feedback de desenvolvimento: o que é e 10 exemplos de como dar

 

7.    Construindo uma torre

Essa é uma atividade de integração bastante conhecida quando o assunto é exercitar o espírito de equipe.

O indicado é dividir os colaboradores em grupos de até oito participantes, sendo que cada equipe terá que construir a maior torre possível, utilizando apenas papel e fita crepe.

Cada grupo vai precisar de 40 folhas de sulfite, 2m de fita crepe e uma bolinha de isopor, que deve ser colocado no topo da torre ao final da atividade.

Vence a equipe que conseguir entregar o maior projeto, no tempo estipulado pelo moderador.

 

8.    Dinâmica do elogio

A proposta da dinâmica do elogio é incentivar que os colaboradores reconheçam as qualidades dos seus pares.

Para colocá-la em prática, basta entregar uma folha de sulfite e caneta para cada colaborador, que deverá escrever o próprio nome no topo do papel.

Na sequência, cada folha terá que passar por todos os participantes, que devem escrever ao menos uma qualidade sobre a “dona” do papel que estiver em suas mãos.

 

9.    Círculos

Essa atividade é indicada, principalmente, para grandes empresas, que precisam realizar um projeto envolvendo integrantes de diferentes áreas, que ainda não se conhecem.

A dica é organizar os colaboradores em dois círculos, com a mesma quantidade de pessoas cada, e pedir para que um grupo se posicione dentro do outro.

Coloque uma música para tocar e peça para que cada círculo gire para um lado. Quando a música parar, cada pessoa deve se apresentar para quem estiver à sua frente.

A dinâmica pode ser repetida várias vezes, até que um bom número de pessoas tenha tido a oportunidade de se conhecer. 

 

10.  O poder da empatia

Exercitar a empatia no trabalho é um passo importante para criar relações mais saudáveis — e esse é justamente o objetivo da última dinâmica da nossa lista.

Nessa atividade, você vai precisar reunir a equipe e pedir para que cada um escreva em um papel, sem se identificar, alguma dificuldade/problema que esteja enfrentando no trabalho.

Na sequência, todos os papéis serão misturados dentro de uma caixa e distribuídos entre os participantes.  

Cada colaborador terá a missão de ler o que está escrito no papel sorteado, como se aquele problema fosse dele, e propor uma solução.

Manual prático de como engajar seu time

E aí, o que acha de colocar alguma das propostas listadas em prática?

Vale lembrar que realizar atividades de integração é apenas uma das estratégias utilizadas para construir equipes mais engajadas.

Se você deseja aprender ainda mais sobre esse assunto, confira muitas outras técnicas de engajamento.

Gabriel Leite

Gabriel Leite

Voar pelo conteúdo

A plataforma completa para aumentar o engajamento e desempenho de colaboradores

Outros conteúdos que você pode gostar

Cadastre-se e receba os melhores conteúdos sobre engajamento e desempenho em primeira mão!