A importância do alinhamento de propósito dentro da empresa

A importância do alinhamento de propósito dentro da empresa

Uma empresa pode ser comparada com um barco a remo. Se cada pessoa remar em uma direção diferente, o barco roda e não sai do lugar; se todos remarem em uma direção diferente da que o líder indicou, o barco vai pelo caminho errado; se apenas um remar contra a maioria, o barco vai demorar mais do que o esperado para alcançar seu objetivo. O que aprendemos com isso? Que para chegar de forma rápida a um objetivo delimitado, o melhor jeito é todos remarem na mesma frequência e direção.

Transpondo essa realidade para dentro dos escritórios, se apenas um colaborador atuar de forma contrária ao propósito da empresa, esta demorará mais para alcançar seus objetivos. Entretanto, manter o alinhamento de propósito dentro de uma empresa é um desafio. Isso porque, mesmo que as pessoas entendam que trabalham para alcançar um mesmo objetivo, cada um vai ter um nível de comprometimento e entrega.

Além do mais, o fator engajamento para cada pessoa é diferente: enquanto alguns se engajam por meio da imposição de desafios, outros usam bonificações monetárias para se motivarem e ainda existem os que procuram por um propósito pessoal dentro das suas funções.

Outro desafio é a adaptação das pessoas na empresa. Por vezes, ainda que tenham as competências necessárias para o cargo, alguns colaboradores não se adequam com a cultura empresarial e se sentem incapazes de prosperar. Dessa forma, ao invés de entregar um trabalho que englobe todo o seu potencial, encontram dificuldades de relacionamento e execução de processos.

Superando desafios

Todos esses problemas de alinhamento podem ser evitados, ou resolvidos, por meio do olhar atento de um gestor. O primeiro passo é ainda na fase de seleção. O gestor deve olhar além das capacidades técnicas do profissional e ter a sensibilidade de perceber se este se encaixa ou não no perfil da equipe. Por exemplo, em times que trabalham em conjunto, uma pessoa com o perfil centralizadora e individualista não conseguirá se desenvolver.

No dia a dia, o gestor deve saber o que engaja cada colaborador e cobrá-lo da forma adequada. Por exemplo: uma equipe de quatro pessoas tem que entregar um projeto em determinado prazo. Uma delas gosta de desafios, outra de propósito, a outra de terminar rápido e, por fim, a última de bonificações. Para garantir que o projeto seja feito de forma adequada e no prazo, o gestor precisa, para a pessoas que gosta de desafios, dar um problema – por mais que ele saiba a solução, não adianta pedir para que algo seja feito, o engajamento deste colaborador vem dele ajudar a resolver o problema. Já para o que gosta de um propósito, é preciso mostrar qual o impacto deste projeto nas ações globais da empresa. Para o que quer terminar rápido, o incentivo deve ser por meio de retornos constantes e um projeto organizado. Para o último perfil, o gestor pode prometer uma folga, por exemplo, se o projeto for entregue em tempo hábil e com qualidade.

Conhecer os colaboradores, portanto, é a chave para manter o alinhamento de propósito. Quando falamos neste termo, não queremos dizer que tudo tem que ser feito igual por todos para alcançar um objetivo, mas sim, que todos devem estar remando em uma mesma direção rumo ao objetivo – por mais que movidos por forças diferentes. Isso é alinhamento.

Feedback, a chave para o alinhamento

Se para orientar uma equipe para um mesmo objetivo é importante conhecer cada componente dela, a forma de fazer isso é por meio de feedbacks. O gestor deve sempre estar disponível para ouvir críticas e elogios, assim como a equipe. Além disso, entender como o profissional está se sentindo no processo de execução de um projeto, quais os maiores desafios e as maiores conquistas, ajuda o gestor a saber como lidar melhor com o colaborador.

Como saber se minha equipe está alinhada?

Para ter certeza de que estão todos com o olhar voltado para a mesma direção, faça as seguintes perguntas:

Se todas as respostas forem positivas, provavelmente o grau de alinhamento está alto. Se uma for negativa, é preciso rever alguns processos. Agora, se todas, ou quase todas, forem negativas, o melhor a se fazer é juntar a equipe e incentivar o alinhamento de propósito, expondo o objetivo principal da empresa e como o trabalho de cada um impacta nisso.

Teste na sua empresa! Depois nos conte qual é o grau de alinhamento e o que fazem para mantê-lo.

15 thoughts on “A importância do alinhamento de propósito dentro da empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.