5 motivos para usar OKR como metodologia de gestão de objetivos

5 motivos para usar OKR como metodologia de gestão de objetivos

Gerir objetivos é um desafio para empresas de qualquer tamanho. As diferentes áreas têm metas distintas e ainda precisam lidar com questões internas e externas à organização. Os gestores precisam garantir que em todos os níveis os objetivos sejam cumpridos e ainda que os colaboradores não se sintam sobrecarregados.

Manter as métricas de resultados positivas e os colaboradores engajados e satisfeitos pode se tornar um impasse. Alguns métodos de gestão resolvem parcialmente estas questões e precisam ser complementados, o que gera um retrabalho. Encontrar um modelo de gestão que seja adequado deve ser um trabalho personalizado. O mais importante é poder adequar a metodologia para a realidade do negócio.

O método OKR, Objectives and Key Results, é utilizado por empresas de diversos portes, desde empresas como o Google até pequenas startups, e utiliza a delimitação de objetivos e resultados-chave para gerir equipes e metas. Conheça cinco benefícios desta metodologia:

1 – Delimitar prioridades:

No dia a dia, muitas atividades podem ser elencadas como prioridade. É difícil deixar alguma tarefa de lado para se concentrar em outra, até porque, ambas precisam ser entregues. Sendo assim, é comum encontrar colaboradores perdidos em suas prioridades tentando dar conta de muitas ações ao mesmo tempo e gestores que conseguem apenas dar atenção superficial a todos os pontos pois precisam resolver problemas de forma paralela.

Este cenário cria um ambiente propício para o desenvolvimento de doenças como ansiedade e depressão. Além disso, não ter as prioridades claras ainda impacta negativamente nos resultados da empresa. A metodologia OKR ajuda os gestores e colaboradores a delimitarem objetivos principais. Esses, portanto, serão a linha guia do trabalho e darão um norte para a priorização de tarefas.

2 – Mudar hábitos:

A delimitação de prioridades claras nada mais é que uma mudança de hábito. A metodologia OKR contribui para criar processos mais ágeis e centrados em resultados e isso envolve uma gama de transformações nas empresas, principalmente de pensamento. É comum enxergarmos nas organizações, por exemplo, uma pressão velada para que não exista erros nas execuções dos projetos. Esse é um mindset negativo, que gera um quadro de insatisfação nos funcionários.

A metodologia OKR é baseada em objetivos curtos, e por isso, incentiva a experimentação e tolera o erro, desde que este seja rápido. Um erro logo corrigido, pode abrir os olhos para uma nova solução mais adequada e eficaz. Além disso, ter um software de OKR ajuda a criar processos regidos por tarefas, auxiliando na organização diária de cada colaborador.

3 – Gerir rotas:

Ao passo que contribui para delimitar prioridades, mudar hábitos e criar rotinas, a metodologia OKR funciona como uma bússola. Isso porque mostra qual o objetivo a ser alcançado e qual o caminho a ser seguido para chegar nele. Centralizar as metas, tarefas  e processos em um único método, e em um único software se possível, contribuí muito para a organização do negócio.

Isso gera uma economia de tempo, ao passo que diminui o retrabalho, e uma otimização dos processos e objetivos que ficam mais claros para todos. Quando o colaborador enxerga, também, o impacto de seu trabalho no objetivo maior da empresa, ele se sente mais engajado e satisfeito.

4 –  Incentivo a colaboração:

Ao mesmo tempo que enxerga o valor do seu trabalho para a empresa, o colaborador consegue ver por meio dos resultados-chave elencados como a ação impacta no trabalho do outro e como juntos podem produzir mais.  A questão é visual. Se montado um fluxograma que mostra a soma das ações para gerar resultados, fica fácil de promover a colaboração e espírito de time na equipe.

Alguns softwares de OKR já trazem esse fluxo desenhado e ajudam as empresas a otimizarem até mesmo a metodologia.

5 – Satisfação do colaborador:

Uma empresa com a gestão bagunçada e confusa gera colaboradores desmotivados e com maior propensão a desenvolverem doenças relacionadas ao trabalho. Ao passo que é introduzido um método, como o OKR, que promove colaboração, organização e delimitação de objetivos, os funcionários conseguem se engajar mais com a empresa e se sentirem mais satisfeitos com suas funções. Isso impacta positivamente nos resultados entregues e no crescimento sustentável do negócio.

3 thoughts on “5 motivos para usar OKR como metodologia de gestão de objetivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.